Dia: 4 de abril de 2018

Critica | O Exorcista (Livro)

O exorcista é o famoso romance escrito por William Peter Blatty em 1971, que inspirou 5 adaptações hollywoodianas de grande sucesso e também o gênero de terror sobrenatural como um todo devido ao seu grande impacto cultural que perdura até hoje. O livro narra o drama da atriz Chris Mckay que se depara com a terrível situação de ver a filha com uma enfermidade inexplicável. Após diversas consultas com os mais diversos médicos, chega-se a conclusão de que a solução para a menina pode não ser calcada na ciência e a única coisa a fazer seria um ritual de exorcismo. O livro é contado em três núcleos principais que se entrecruzam, há o da Chris Mckay e sua filha Regan, do Padre Karras e do Detetive Kinderman. Karras é um jesuíta que nos últimos tempos, após perder sua mãe começa  a duvidar da própria fé, afastando-se cada vez mais da igreja. Kinderman é um exímio detetive da divisão de homicídios que foi designado a investigação do caso da morte do diretor Burke Dennings, que dirigia o último filme da Chris e morreu nos arredores da casa da atriz. Blatty estudou na universidade de Georgetown em Washington, por isso, decidiu que o livro também deveria se passar por lá, ainda que foi em seus tempos de universitário que o escritor ouviu falar de um caso de possessão demoníaca que o...

Read More
  • 1
  • 2

Publicidade

Newsletter Bastidores

Pin It on Pinterest