Christopher Plummer comentou em uma entrevista para o site Vanity Fair sobre seu papel no filme All the Money in the World, papel anteriormente interpretado por Kevin Spacey, que foi retirado do filme após a notícia das acusações de assédio sexual aparecerem na mídia.

» Siga o Bastidores no Facebook , Instagram e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema «

“É uma vergonha”, disse Plummer. O ator se diz “extremamente triste” pelas acusações, dizendo que sente muito que isso tenha ocorrido com um ator tão talentoso quanto Spacey, e que a única coisa a ser dita agora é que ele sente muito. 

Plummer substituirá o ator duas semanas antes do filme entrar em cartaz nos cinemas. A decisão foi feita pelo diretor Ridley Scott, que chamou Plummer para refilmar as cenas de Spacey em um curto período de tempo, algo sem precedentes na história do cinema americano. Curiosamente, Plummer foi anteriormente cotado para fazer o papel antes da entrada de Kevin Spacey no projeto.

O ator falou que sua versão para o personagem J. Paul Getty será completamente diferente da de Spacey. “Eu tenho um papel. Admiro Ridley Scott e estou emocionado por fazer um filme para ele. Afinal, eu estava em disputa pelo papel anteriormente. Então eu estava familiarizado com o filme, e Ridley veio até mim e eu aceitei. Eu queria trabalhar com ele. Ele é muito bom e adorei o roteiro. O roteiro é maravilhoso”, disse Plummer.

All the Money in the World estreia no dia 22 de dezembro nos Estados Unidos, se tudo ocorrer bem com as refilmagens apressadas do filme.

Comente!