A editora JBC anunciou hoje em sua palestra na Anime Friends que irá mudar a qualidade de papel de seus mangás. Sempre procurando soluções para solucionar a crise economica com mudanças de qualidade do papel, a editora anunciou um possível substituto para o usual papel offset e jornal usados na maioria de seus títulos.

» Siga o Bastidores no Facebook , Instagram e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema «

Sem especificar o tipo de papel, essa mudança deverá ocorrer em breve, com o mangá Your Name, que será adiado para Agosto, sendo um dos primeiros com essa mudança.

Cassius Medauar, editor-chefe da editora, diz que a crise do papel persiste, com aumento recorrente do valor do material desde a crise econômica. “Muitos mangás estão sofrendo atraso devido a essa falta de qualidade, preço e quantidade do papel”, disse Cassius. Em uma conversa após a palestra, Cassius também enfatizou que a mudança não deve alterar o preço dos novos títulos.

A mudança de papel já vem ocorrendo gradualmente, com lançamentos com sobrecapa (Blame), papel luxscream em relançamentos de mangás lançados anos atrás (Sakura Card Captors e YuYu Hakusho), e com tamanhos maiores, como os recém-lançados Akira e Ghost in the Shell.
A implementação do papel luxscream recentemente em volumes de luxo também foram importantes passos no mercado.
As mudanças de preço afetam preços de novos lançamentos

Respondendo as perguntas da platéia da palestra, Cassius enfatizou as exigências das editoras em relação as edições nacionais, dando exemplo de Ghost in the Shell, que teve 2 páginas tiradas da nova edição devido a exigências do autor. Há também exceções, com algumas edições que receberam liberdades editoriais nacionais como as capas 6 a 10 de Fort of Apocalypse.

Alguns projetos e mangás anteriormente anunciados pela editora também foram citados, enfatizando que ainda estão em desenvolvimento. O Henshin Drive e a loja Online foram os projetos citados e os mangás Samurai 7 e Sakura Wars, confirmados para lançamento no segundo semestre. A editora planeja lançar 4 ou 5 títulos até o final do ano.

Outro anúncio da editora foi uma parceria com a banda Danger Sun, grupo de interpretes de temas de anime consagrados no país. A banda compôs 3 músicas inspiradas na franquia Akira. A primeira, Neo Tokyo, foi mostrada na palestra com um clipe animado em flash.

E para finalizar, a editora confirmou o início da produção de Akira vol. 2, previsto ainda para o final de ano, dependendo das aprovações. Além de Ghost in the Shell 2.0 até o final do ano. Nenhum detalhe da edição foi anunciada.

Comente!