Ainda que não chegue aos pés de Hollywood ou Bollywood, ou até mesmo do cinema asiático, o Brasil sempre teve seus expoentes do mercado cinematográfico – e tal paixão estende-se até os dias de hoje. Não é nenhuma surpresa que inúmeras escolas de audiovisual tenham despontado principalmente nas grandes metrópoles como Salvador, Rio de Janeiro e, principalmente, São Paulo, cidade na qual se concentram os maiores números de projetos que apoiem a formação de jovens filmmakers.

» Siga o Bastidores no Facebook , Instagram e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema «

E dentre essas consideráveis escolas, está o Instituto de Cinema, que cada vez mais vem ganhando força por sua competência e pelo grande número de alunos que arranjam espaço no precário e fechado mercado do entretenimento nacional.

Fundado em 2006 a partir de um coletivo de artistas e profissionais da área, o Instituto se iniciou em uma pequena construção de esquina na Oscar Freire e expandiu o seu império ao longo de doze anos de existência, criando parceria com outras instituições ao redor do Brasil e do mundo – incluindo a Modern School of Film, localizada em Los Angeles (antro do cinema contemporâneo e clássico) e a Primary Stages, em Nova York (também conhecida por suas inúmeras produções, inclusive teatrais).

A escola traz como mote principal a capacidade de avaliação crítica e crescimento político-artístico de seus alunos – e foi através disso e da criação da produtora Operahaus, nascida ao lado do Instituto e uma das responsáveis por fomentá-lo, que conseguiu idealizar a materialização de uma consciência crítica, explanada através de sua visão mundo, e a abertura de inúmeras margens para o mercado brasileiro, possibilitando aos discentes deixarem sua marca nos diversos âmbitos da arte.

É inegável dizer que a indústria audiovisual passou por inúmeras transformações ao longo das décadas – e o Instituto definitivamente não ficou por trás, oferecendo uma variedade incrível de cursos que contemplam as necessidades de seus alunos e suas aspirações para um futuro um tanto quanto próximo. E é por isso que o Bastidores separou alguns dos melhores cursos àqueles que desejam a melhor formação para o mercado.

Confira:

YOUTUBE

Os canais do YouTube representaram uma mudança vigorosa nas relações mercadológicas do entretenimento e trouxeram um espaço ainda inexplorado pelos diretores de cinema e TV. Não é à toa que plataformas de streaming se baseiem nas mesmas ideias estruturais do site para viralizar suas webproduções. O Instituto, visando fornecer o melhor para a formação de seus estudantes, não apenas ministra um curso para youtubers, como também o amplia para uma visão mais burocrática da coisa, mostrando como usar as mídias sociais para divulgação dos produtos e até mesmo como ganhar dinheiro.

E mais: como sabemos, a plataforma em questão é detentora da disseminação de alguns dos maiores videoclipes da história – talvez a única, com o esquecimento da outrora MTV; logo, você também pode mergulhar a fundo na produção de vídeos musicais, desde os pré-processos até colocar a mão na massa.

TV

Não importa o que seja dito, o futuro da TV não corre perigo. E levando isso em consideração, incluindo a contínua produção de séries de respaldo crítico e público altíssimo – é só pensarmos em obras como Game of ThronesThe Handmaid’s Tale -, o Instituto abre portas para uma variedade de aulas dentro do mundo televisivo, incluindo a compreensão e a “mão na massa” das várias etapas de uma série, técnicas de roteiro para criar personagens e histórias inesquecíveis, intensivos de análises e construções de textos dramatúrgicos e até mesmo um soberbo curso de atuação para câmera que torna sua equipe a mais completa possível.

CINEMA

O carro-chefe do Instituto obviamente não poderia ficar de fora – e sem sombra de dúvida, também não fica a desejar. As aulas ministradas sobre a maior e mais antiga indústria do entretenimento audiovisual da História contemplam cada uma das etapas da produção fílmica, seja em cursos específicos sobre as mais diversas áreas – como direção de arte, produção e edição (esta última em alta no mercado atual, então fica a dica) -, como também métodos para vender o seu filme e sair na frente de seus concorrentes no complexo mercado cinematográfico.

E é claro: para aqueles mais apaixonados pelo cinema e que desejam absorver o máximo de conhecimento, é sempre possível optar pelo curso de cinema extensivo, um dos mais procurados pelos alunos.

Para conhecer mais cursos e mais sobre a filosofia do InC, acesse o site oficial clicando aqui!

Comente!