Os filmes de super-herói nunca estiveram tão em alta quanto nos dias de hoje. Ainda assim, a experiência não foi exatamente positiva para muitos atores que interpretaram algum personagem nesses filmes. Pensando nisso, selecionamos 10 atores que se arrependeram de participar de filmes de heróis, sejam da DC, ou da Marvel.

» Siga o Bastidores no Facebook , Instagram e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema «

Vamos lá!

Chloë Grace Moretz – Kick-Ass 2

Apesar de ter gostado de estrelar o primeiro Kick-Ass, como Hit-Girl, Chloë Grace Moretz ficou desapontada com o segundo filme e chegou a cortar relações com a franquia e teria dito que não tem o menor interesse em retornar ao spin-off da Hit-Girl.

Michael Shannon – O Homem de Aço

Michael Shannon, como o bom ator que é, nunca comentou negativamente sobre um filme que ele próprio trabalhou, especialmente um tão importante para um grande estúdio como Homem de Aço. Dito isso, o ator que viveu o General Zod disse que ao Metro que não tinha o menor interesse em saber o resultado da luta entre Batman e Superman, na continuação.

Portanto, podemos concluir que ele mais quer é distância dos filmes de herói.

Andrew Garfield – O Espetacular Homem-Aranha 2

Andrew Garfield certamente é um dos melhores aspectos (um dos poucos) dos dois filmes do Espetacular Homem-Aranha. Ainda assim, o ator revelou à Variety ter se decepcionado com a Sony porque o estúdio tratou o herói apenas como uma forma de trazer dinheiro para a companhia e não como um personagem que merecia um bom tratamento.

Hugo Weaving – Capitão América: O Primeiro Vingador

O Caveira Vermelha fez seu retorno triunfal em Vingadores: Guerra Infinita, mas não foi interpretado por Hugo Weaving, o eterno Agente Smith, como no primeiro Capitão América. A verdade é que, de acordo com o Collider, Weaving não tinha o menor interesse em retornar para “esse tipo de filme” e a Marvel entendeu o desgosto do ator, não o forçando a retornar, apesar de ter assinado um contrato para tal.

Kate Mara – Quarteto Fantástico

Não temos como culpar Kate Mara por ter se desapontado com o novo Quarteto Fantástico. Afinal, qualquer um com o mínimo de bom-senso pode ver que esse filme é um terror dos sete mares.

Pouco após o lançamento do filme, a atriz chegou a declarar ao The Times:

“Você nem sempre tem de aprender alguma lição incrível ao fazer um filme de mer**. Algumas vezes acontece.”

Christian Bale – Trilogia O Cavaleiro das Trevas

Christian Bale gostou dos filmes do Batman de Christopher Nolan, mas ele não acha que entregou o melhor de si na trilogia.

“Eu não consegui fazer o que eu esperava durante a trilogia,” disse Bale em 2016, ao The Guardian. “[Christopher Nolan] conseguiu, mas, pelo meu próprio critério, eu não acertei em cheio.”

Dito isso, Bale só tem elogios para os três filmes de Nolan, mas demonstrou ser bem humilde em sua autocrítica. Em todo caso, ainda o consideramos como o melhor Batman do Cinema.

Mickey Rourke – Homem de Ferro 2

Mickey Rourke se dedicou bastante para interpretar o vilão de Homem de Ferro 2, chegando a passar meses treinando seu sotaque. O ator chegou a ir até a Rússia para o filme. Portanto, é fácil entender o porquê dele não ter gostado nada a decisão da Marvel de cortar grande parte de suas cenas.

“Se eles querem fazer filmes de quadrinhos sem cérebro, então não quero fazer parte disso,” declarou o ator em entrevista ao ScreenRant.

critica-blade-ii

Wesley Snipes – Blade Trinity

Snipes ficou tão desapontado com Blade Trinity, ainda durante a produção, que chegou a tentar enforcar o diretor David Goyer, segundo Patton Oswalt, em entrevista ao A.V. Club.

Snipes teria tentado convencer Goyer a se demitir, mas acabou, ele próprio, quase sendo demitido. Depois do ocorrido, Snipes permaneceu no seu trailer, exceto durante suas cenas, comunicando-se com o restante da equipe apenas através de bilhetes passivo-agressivos.

Idris Elba – Thor: O Mundo Sombrio

Idris Elba não gostou nada da experiência de viver Heimdall nos dois primeiros filmes do Thor, chegando a dizer, ao Telegraph, que o papel é torturante. Para o ator, o personagem não conta com qualquer profundidade e fez o papel soar sem sentido para ele.

Edward Norton – O Incrível Hulk

Edward Norton certamente não é um ator com quem seja fácil de se trabalhar e não foi diferente em O Incrível Hulk. O ator tentou fazer com que a Marvel utilizasse seu próprio roteiro para o filme, considerando que o longa não conta com qualquer profundidade.

De acordo com Kevin Feige, presidente da Marvel Studios, quando eles decidiram demitir Norton de Os Vingadores, o ator não conseguia colaborar apropriadamente com outros.

Há menos de um mês, o ator criticou a Marvel em programa do Comedy Central (via CBM), portanto parece que ele ainda não superou o ocorrido!

Comente!