Via ComicBook.com

» Siga o Bastidores no Facebook , Instagram e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema «

Sabemos que Black Mirror pode ser um show bem complicado de mergulharmos, principalmente se levarmos em consideração o viés apocalíptico e distópico de seus episódios. Entretanto, a Netflix conseguiu levar sua série original para um novo nível através do marketing da quarta temporada, mantendo algumas pessoas da Turquia em um estado de puro pânico.

Antes da estreia do novo ano, as pessoas se assustaram quando o show criado por Charlie Brooker tomou conta da versão turca do site Reddit. Os usuários da plataforma receberam uma mensagem direta de uma conta chamada iamwaldo que dizia, “Nós sabemos o que você vai fazer. Assista e veja o que nós faremos”.

É claro que os usuários não tinham ideia do que estava acontecendo, principalmente pela total falta de contextualização da situação. Ninguém havia sido avisado sobre a estratégia de divulgação da série, então as pessoas começaram a acreditar que estavam sendo vigiadas por uma corporação do estilo Big Brother. Entretanto, para aqueles familiarizados com Black Mirror, o nome “Waldo” é bem familiar, visto que é o principal foco do episódio intitulado The Waldo Movement, cuja história gira em torno de um urso animado que faz zoações com políticos e acaba concorrendo por um cargo público.

O método de marketing já foi assustador pela brusca investida, mas se levarmos em consideração a conjuntura política da Turquia, as coisas ficam ainda mais complicadas. O país atualmente passa por alguns problemas com seu governo; a lei marcial foi declarada no território, seguida de um golpe militar em 2016 que levou inúmeras pessoas a acreditarem que estavam sendo observadas pelo serviço secreto.

A quarta temporada da série já estreou nos serviço de streaming. Confira nossa crítica aqui!

Comente!