Informações técnicas

Distribuição: Warner
Duração: 116 min
Discos: 1
Embalagem: Amaray
Luva: Sim
Preço: U$ 15

Vídeo

Razão de aspecto: 2.40:1 
Resolução: 1080p
Codec: MPEG-4 AVC 

Áudio

Inglês: DTS-HD Master Audio 5.1 (48kHz, 24-bit)
Espanhol: Dolby Digital 5.1 Dolby Digital 5.1 (640 kbps)
Francês: Dolby Digital 5.1

 

Análise

O Filme

Ninguém segura Shane Black quando ele sai para fazer um buddy cop. O homem que nos presenteou com a dupla de Mel Gibson e Danny Glover em Máquina Mortífera retorna aos anos 70 para criar um par de policiais tão icônicos e engraçados quanto, com os excelentes Ryan Gosling e Russell Crowe se envolvendo em uma trama que mistura Chinatown com Boogie Nights. O resultado é hilário e merece ser conhecido, ainda mais por ser um dos poucos lançamentos originais de 2016 que realmente surpreendeu. Crítica

Always Bet on Black

★ ★ ★ ½

Obviamente centrado no diretor e roteirista Shane Black, temos uma discussão sobre os principais temas e história de Dois Caras Legais, com o elenco e produção elogiando o domínio de Black sobre o gênero policial e noir. Black fala sobre as misturas inusitadas da história, que vão do bizarro e cômico até elementos mais dramáticos de seus personagens. Muito breve, mas faz um bom apanhado sobre o contexto da época e do gênero. O melhor é ver Black implorando para que o estúdio lhe permita fazer uma continuação. POR FAVOR!

Worst. Detectives. Ever. Making The Nice Guys 

★ ★ ★ ½

Curto como o anterior, mas agora mais focado na produção do filme em si. Ao longo de 6 minutos, o elenco e equipe rapidamente fala sobre cada um de seus personagens, sobre como o roteiro de Black tem um cuidado fascinante para transformar até mesmo os capangas em figuras memoráveis e como Ryan Gosling e Russell Crowe complementavam a performance um do outro. Vemos também como Black demorou para tocar o projeto com o produtor Joel Silver, chegando até mesmo a considerar uma série de TV.

Conclusão

Provavelmente a melhor comédia de 2016, Dois Caras Legais infelizmente acabará esquecido pelo grande público. Não ajuda que o filme tenha um lançamento em home video bem medíocre, seja no Brasil ou na edição americana resenhada, que não consegue juntar nem 15 minutos de extras e decepciona no resultado. Um serviço infeliz para um filmaço.

Comente!