Informações técnicas (DVD)

Distribuição: Sony
Duração: 116 min
Discos: 1
Embalagem: Amaray
Luva: Não
Preço: R$ 39,90

Vídeo

Razão de aspecto: 1.85:1
Resolução: 480i
Codec: MPEG-2

Áudio

Inglês: Dolby Digital 5.1
Português: Dolby Digital 5.1
Espanhol: Dolby Digital 5.1

 

O Filme

★ ½

Um dos melhores filmes do último ano, Manchester à Beira-Mar é um poderoso ensaio sobre depressão e o trauma, partindo de um roteiro excepcional do diretor Kenneth Lonergan, que explora as diferentes vidas e situações de personagens que saltam à tela de tão realistas e bem escritos. Aliado ao ótimo texto, temos o fenomenal elenco composto pelo oscarizado Casey Affleck, Michelle Williams e a revelação de Lucas Hedges. Um filmaço. Crítica

Comentário em Áudio com Kenneth Lonergan e Peter Ventrella

★ ★

Diretor e roteirista de Manchester à Beira-Mar, Kenneth Lonergan nos leva por trás de seu processo criativo e todos os temas e influências presente no filme. Graças à dupla função narrativa, é possível aprender e observar todas as intenções de Lonergan, seja ao preencher o cotidiano vazio e melancólico de Joe Chandler com uma beleza incontestável, até pequenas nuances e características da atuação de todo o elenco – ao qual o diretor sempre está elogiando. Ao seu lado, temos também o produtor Peter Ventrella, que acaba tendo menos espaço, mas ganha uma boa presença ao discutir curiosidades dos bastidores.

Vidas de Emoção: Produzindo Manchester à Beira-Mar

Em aproximadamente 16 minutos, temos o breve making of do longa. Separado através de entrevistas individuais com membros do elenco e equipe – certamente do período de divulgação em junkets, visto que jamais vemos o set de gravações – acompanhamos alguns comentários sobre a natureza da história, o trabalho impecável de Kenneth Lonergan e os difíceis temas que o filme toca. Affleck e Williams também falam muito sobre suas cenas juntos, e como o roteiro de Lonergan ajudou no processo de criar algo tão memorável. É de se destacar a atenção que Williams e a equipe deram à cena do incêndio, com a atriz revelando que preferiu adiar ao máximo a cena tão intensa.

Cenas Excluídas

★ ½

Ao final da sessão de Manchester, eu disse que poderia assistir a mais 2 horas desse material facilmente. Pois bem, aqui podemos nos contetar com mais 5 minutos adicionais com 3 cenas deletadas, que mostram um pouco mais de cenas entre Joe e seu irmão Lee (Kyle Chandler), que trazem o mesmo apuro no texto de Lonergan e na performance dos atores. Vale destacar também a devastadora cena do funeral das crianças, que conta com uma trilha sonora fenomenal.

Trailers

Conclusão

Não há muitos extras disponíveis no lançamento em DVD de Manchester à Beira-Mar, que não teve um blu-ray disponível no país, mas preservou todos o material bônus. Temos um comentário áudio primoroso com Kenneth Lonergan, um making of eficiente que faz o melhor com o material disponível e até algumas cenas inéditas para nos dar um gosto a mais da prosa impecável de Lonergan. Merece o investimento.

Agradecemos a Sony Pictures pela cópia cedida para análise.

Comente!