Procurar um bom cinema é uma necessidade para todo cinéfilo que procura a melhor qualidade possível. No caso de São Paulo, muitos shoppings são antigos e, portanto, já possuem cinemas um tanto decrépitos. O que é algo engraçado, considerando que no mercado cinematográfico quem lucra mais sempre é o exibidor. Logo, por que raios não fazem a manutenção adequada das salas? Sim, Cinemark Eldorado, especialmente na sala XD, estou falando justamente de vocês e daquela mancha insuportável na sala que seria a “premium” de sua rede.

» Siga o Bastidores no Facebook , Instagram e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema «

Porém, quando um novo shopping é inaugurado na cidade, sempre há aquele lampejo de alegria em pensar que haverá a instalação de um multiplex novinho em folha. Com o Cinemark do Shopping Cidade São Paulo foi assim e agora com o Morumbi Town foi ainda melhor. A Cinesystem, rede já consagrada em diversos outros estados brasileiros, acumulando mais de 151 salas espalhadas em 26 multiplex, levou bastante à sério sua grande entrada no mercado paulistano.

Luxo acessível

O capricho será logo notado pelo cliente. O Cinesystem do Morumbi Town incorpora um conceito inteligente de automação de atendimento. Diferentemente dos outros cinemas, a bomboniere é totalmente aberta para que os consumidores peguem seus produtos e já se dirijam ao caixa removendo a necessidade de um atendente como intermediário. Além de ser possível comprar os ingressos pelos totens eletrônicos selecionando filme, sala e cadeiras, também é possível comprá-los no mesmo caixa de atendimento onde o cliente pagará pelas guloseimas.

O sistema mais intuitivo e independente na compra de ingressos e comidinhas é apenas a ponta do iceberg. Hoje, o Cinesystem Morumbi Town é o cinema mais tecnológico da cidade de São Paulo. No multiplex, há 9 salas que exibirão os mais diversos filmes: desde os blockbusters de massa até os filmes menores classificados como cults em sua grade de exibição.

Todas as salas contam com projetores avançados de projeção a laser (algo inédito até então no Brasil) e com capacidade 3D, além da capacidade de projetar filmes com HFR, de 48 a 60 quadros por segundo – essa tecnologia foi utilizada e experimentada na projeção da trilogia O Hobbit aqui no Brasil. Todas as salas contam com cadeiras premium de alta qualidade – realmente, as poltronas são muito confortáveis.

Viver o cinema

O Cinesystem do Morumbi Town conta com salas híbridas. Ao contrário da concorrência, não há salas comuns e salas de luxo. A mesma sala conta com as poltronas comuns de alta qualidade e com fileiras destinadas ao serviço VIP. As poltronas são namoradeiras bem espaçosas, reclináveis e contam com portas USB para carregar os celulares. O serviço VIP também conta com garçons e cardápio diferenciado que pode ser requisitado de dentro da sala antes do filme começar. 5 salas, incluindo a Cinépic, contam o setor VIP

Como o sistema de imagem é garantido pelos projetores a laser 4k da Barco, como fica o sistema de som? Nas 8 das 9 salas, o sistema é equipado com a tecnologia do Dolby Surround 7.1 atingindo 12 mil watts de potência – padrão para novos cinemas. Porém, na sala Cinépic, a maior de todo o complexo, há a novíssima tecnologia Dolby Atmos.

O diferencial da tecnologia Atmos vem de sua potência avassaladora de 31 mil watts contando com saídas de som até 128 canais. Ou seja, as laterais e o teto do cinema são preenchidos por diversas caixas sonoras. Caso for visitar a sala, recomendamos que olhe para o teto para entender direito como funciona. Realmente faz uma diferença crucial assistir um filme com a amplitude sonora de 180 graus. É uma simulação de espaço impressionante garantindo imersão ainda maior com o filme projetado. Importante lembrar que nem todos os longas são mixados em Atmos ainda, portanto certifique-se antes no IMDB se a obra que verá já foi mixada previamente para o formato.

A enorme sala de som exclusivo também conta com a maior tela disponível no multiplex – cerca de 150% maior. Nela, vimos xXx: Reativado em 3D. O que já é ótimo é a qualidade dos óculos, bem leves e da incrível potência de iluminação do projetor. Foi a primeira projeção 3D que vi que não prejudicou muito a fotografia natural do filme. Ali, atestamos a qualidade da projeção a laser. Embora a nitidez não seja muito superior ao projetor digital que estamos acostumados, o laser ganha na fidelidade de reprodução de cores com melhorias perceptíveis de profundidade de preto. Logo, a fotografia fica mais contrastada e viva aos nossos olhos.

Cinépic de Maceió.

Arquitetura smart

Aliás, não somente na Cinépic, mas em outras salas, a arquitetura do lugar favorece a imersão ao filme. O anteparo das salas praticamente cobre toda a parede. Logo, cria-se a ilusão de estarmos vendo um filme através de uma janela. É um bom detalhe que mais redes deveriam pensar para favorecer a imersão do espectador.

Além disso, também em trabalho de arquitetura e iluminação, o Cinesystem é projetado para criar um ambiente luminotécnico imperceptível. Isso significa que, gradualmente, as luzes ambientes tornam-se mais fracas enquanto caminhamos para a sala que também respeita a ordem decrescente de iluminação. Um cuidado bem interessante que realmente faz diferença para quem estiver atento.

O preço dos ingressos varia de 28 a 60 reais (inteiras) a depender da sala e da poltrona escolhida. O Cinesystem também tem uma promoção muito interessante que ocorre em todas as quintas-feiras: a “quinta do beijo”. Nela, é possível comprar dois ingressos para a mesma sessão com preços mais convidativos.

A chegada do Cinesystem a São Paulo certamente é um marco de orgulho para a empresa. Com todas as novidades e um sistema realmente inteligente em todos os sentidos da construção deste multiplex, pode torná-lo o melhor cinema de São Paulo. De tudo que vimos, apenas sentimos falta de uma sala IMAX para deixar este multiplex verdadeiramente completo. O cinema esbanja potencial e recomendamos muito a visita para os nossos leitores paulistanos. Que esse primeiro passo renda expansões em novos shoppings mantendo esse mesmo zelo pelo cliente e inovação tecnológica. Bem-vindos a São Paulo!

Comente!