Samurai Jack está de volta! Uma das animações mais singulares e icônicas do Cartoon Network retorna para concluir a jornada do samurai mandado para um futuro distante. Após anos de expectativas, Genndy Tartakovsky, criador de animações como O Laboratório de Dexter e a primeira animação de Star Wars: Clone Wars, além é claro, da criação das primeiras 4 temporadas de Samurai Jack, retorna para a direção da série.

Se passando 50 anos após a última temporada e agora nas mãos do Adult Swin, o bloco adulto do Cartoon Network, Genndy pode finalmente trazer para a série a violência e a maturidade que a animação original sempre flertou. E isso é visto desde os primeiros minutos do episódio dessa nova temporada. Em uma cena alucinante de ação, um samurai ornamentado com uma armadura tipicamente oriental e dirigindo uma moto futurista, destrói um exercito de robôs lacaios do Imperador Aku (ou Abu, como ficou na dublagem em português), o arqui-inimigo de Samurai Jack.

Após uma sequência de tirar o fôlego onde o misterioso motoqueiro arranca a cabeça dos robôs com a roda com espinhos de metal, sua máscara é tirada por um dos ataques, nos revelando a sua identidade: Jack. O samurai lendário retorna!

Durante o primeiro episódio, vemos como Jack (com voz de Phil LaMarr) mudou nos últimos 50 anos. Cavalgando sua montaria metálica em forma de uma moto, ele agora lembra figuras como Mad Max e Guts, do mangá Berserk. Visivelmente acabado, com barba e rugas no rosto, a culpa o consome, levando-o ao delírio.

Vítima das marcas de seu passado, sua culpa o leva a enxergar todas as vítimas de Aku, que foram deixadas quando Jack foi levado por ele para o futuro longínquo. Tais delírios criam imagens fortes, como a cena em que corpos apodrecidos emergem das águas de um rio, gritando por socorro. Ou a cena em que Jack vê seu pai crucificado, em meio a chamas.

Seu pai é visto múltiplas vezes em seus acessos de insanidade, constantemente o culpando de tê-los deixado naquela situação. Após décadas nesta eterna luta, Jack está finalmente cedendo e perdendo suas últimas esperanças de sair dali.

Após uma batalha onde Jack perde sua espada, que acaba caindo em um abismo, Jack perdeu ali sua honra como samurai. Não mais portando uma lâmina, mas sim qualquer arma que encontrar pela frente, seja espadas, kunais ou armas de fogo, qualquer arma de um inimigo que lhe possa ser útil. Ao menos, para nós como público, seu arsenal ficou mais variado, possibilitando cenas nunca antes vistas na série.

A série consegue retorna com o espírito do original, trazendo de volta a icônica animação que ficou marcada na mente de todos que cresceram com ela (comigo, inclusive). A incrível direção de arte das animações de Genndy, que misturam as paisagens de uma pintura à óleo com a estilização de um quadrinho do Frank Miller. A sutileza das cenas e o ritmo mais lento, inspirado em filmes de samurai, dando tempo para o espectador contemplar as belas imagens. A animação está impecável tanto pela arte quanto por sua fluidez.

Em termos de ação, o primeiro episódio entrega um pacote cheio de lutas frenéticas e variadas. Desde a já mencionada primeira cena com a horda do exército de Aku, até a luta contra um dos aliados do Imperador. Scaramouch, o Impiedoso, que usa  de uma criativa técnica baseada em sons e ressonância de sua arma nos objetos, já introduz o nível das ameaças que Jack irá enfrentar durante a nova temporada. Apesar de uma árdua batalha, Jack vence o mercenário e acaba levando sua espada ressoante.

Mas um desafio muito maior surge no horizonte. Durante o episódio temos também um vislumbre do que está por vir, com a formação de um grupo de 7 assassinas criadas exclusivamente para eliminar Jack. Vemos todo o processo de treinamento delas, capitaneado pela seita das Filhas de Aku, que veneram o Imperador. Não há tempo de descanso para o nosso samurai.

Samurai Jack retorna com um intenso primeiro episódio, recheado de ação e uma animação impecável, com a mesma qualidade que a série original mas com muito mais violência. O episódio mostra muito bem como Jack mudou nos últimos 50 anos. Atormentado constantemente pelos fantasmas de seu passado, enquanto tem que lidar com os lacaios do Imperador Aku para sobreviver. Enfim, Jack voltou com tudo, com a qualidade e ação esperada, prometendo ser uma das melhores animações do ano.

Samurai Jack – 05×01: XCII (Idem, EUA – 2017)

Criado por: Genndy Tartakovsky
Direção: Genndy Tartakovsky
Roteiro: Genndy Tartakovsky e Bryan Andrews
Elenco (Voz): Phil LaMarr, Greg Baldwin, Sab Shimono, Tom Kenny, Grey DeLisle, Kari Wahlgren
Emissora: Cartoon Network, Adult Swim

Gênero: Ação, Aventura
Duração: 22 min

Confira AQUI o guia de episódios da temporada.

Comente!