Uma das decisões comerciais mais sábias de George Lucas foi nunca ter cansado sua saga Star Wars. 

» Siga o Bastidores no Facebook , Instagram e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema «

Porém, poucos anos após ter comprado os direitos da franquia, a Disney meteu o pé no acelerador e exagerou na dose lançando pelo menos um filme da saga por ano entre episódios e spin-offs.

Entretanto, visto o fracasso retumbante de Solo: Uma História Star Wars e o descontentamento gerado por Os Últimos Jedi, a Disney abandonará essa estratégia a partir de 2020.

Na opinião do CEO da Disney, isso foi um erro: “Tomei essa decisão e, olhando pra trás, acho que foi um erro que cometi”, analisa Bob Iger em entrevista ao The Hollywood Reporter.

“Você pode esperar uma desaceleração, mas isso não significa que vamos parar de fazer filmes. J.J. Abrams está fazendo o episódio IX e temos outras forças criativas como os showrunners de Game of Thrones fazendo uma série nova. Estamos chegando no ponto de tomar as decisões sobre o que fazer depois do Episódio IX. Acho que seremos cuidadosos quanto a volume e tempo nesse caso.”, finalizou. 

Quem diria que o mundo iria se esgotar de Star Wars, não?