Na noite deste sábado, 29, foram anunciados os vencedores das principais competições da 22ª edição do festival É Tudo Verdade

Cidades Fantasmas, de Tyrell Spencer, foi o vencedor da Competição Brasileira de Longas e Médias-Metragens e o polonês Comunhão, de Anna Zamecka, o vencedor da Competição Internacional.

Além desses dos dois prêmios principais, merece destaque também a vitória de Los Ninos, de Maite Alberdi, na inédita Competição Latino-Americana. Na parte de curtas-metragens, Boca de Fogo, de Luciano Pérez Fernández, foi o vencedor nacional e Cuidador, de Joost Van Der Wiel, o da mostra internacional.

O júri internacional foi formado pelo cineasta Alexandre O. Philippe (de 78/52, presente na programação especial dessa edição), a cineasta francesa Anne Georget e a produtora chilena Jennifer Walton. O júri brasileiro contou com a produtora Daniela Capelato, o diretor de fotografia Jacques Cheuiche e o cineasta Joel Zito Araújo.

Os vencedores das Competições Brasileira e Internacional de Curtas-Metragens foram automaticamente qualificados para exame pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood, visando a uma vaga na disputa do Oscar do melhor curta documental.

A exibição dos filmes do É Tudo Verdade em São Paulo e no Rio de Janeiro terminam domingo, dia 30, mas o público de Porto Alegre poderá assistir aos filmes de 03 a 07 de maio, e o de Brasília de 04 a 07 de maio.

Segue abaixo a lista completa dos prêmios da edição:

COMPETIÇÃO INTERNACIONAL

Comunhão, de Anna Zamecka

Melhor Documentário de Curta-Metragem (Júri Oficial)

O Cuidador, de Joost Van Der Wiel

Menção Honrosa para Documentário de Longa ou Média-Metragem (Júri Oficial)

O Show da Guerra, de Andreas Dalsgaard e Obaidah Zytoon

Menção Honrosa para Documentário de Curta-Metragem (Júri Oficial)

Polonesa, de Agnieszka Elbanowska

 

COMPETIÇÃO BRASILEIRA

Melhor Documentário de Longa ou Média-Metragem (Júri Oficial)

Cidades Fantasmas, de Tyrell Spencer

Melhor Documentário de Curta-Metragem (Júri Oficial)

Boca de Fogo, de Luciano Pérez Fernández

Menção Honrosa para Documentário de Curta-Metragem (Júri Oficial)

Festejo Muito Pessoal, de Carlos Adriano

 

COMPETIÇÃO LATINO-AMERICANA

Melhor Documentário de Longa ou Média-Metragem (Júri Oficial)

Los Ninos, de Maite Alberdi

Menção Honrosa para Documentário de Longa ou Média-Metragem (Júri Oficial)

Atentamente, de Camila Rodríguez Triana

 

PREMIAÇÕES PARALELAS

PRÊMIO CANAL BRASIL DE CURTAS

Júri composto por Cid Nader, Edu Fernandes, Luiza Lusvarghi, Barbara Demerov e Luiza Wolf.

Melhor Documentário de Curta-Metragem da Competição Brasileira

Se Você Contar, de Roberta Fernandes

 

PRÊMIO ABRACCINE (Associação Brasileira de Críticos de Cinema)

Júri composto por Camila Vieira, Cássio Starling Carlos e Cesar Zamberlan

Melhor Documentário de Longa ou Média-Metragem da Competição Brasileira

A Terceira Margem, de Fabian Remy

Melhor Documentário de Curta-Metragem da Competição Brasileira

Festejo Muito Pessoal, de Carlos Adriano

 

PRÊMIO MISTIKA

Melhor Documentário de Curta-Metragem da Competição Brasileira

Boca de Fogo, de Luciano Pérez Fernández

 

Comente!