Cory Balrog, diretor do novo God of War, foi ao Twitter defender histórias lineares nos videogames após o fim da Visceral Games, anunciado na terça-feira pela EA.

» Siga o Bastidores no Facebook , Instagram e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema «

O diretor, que também dirigiu God of War 2, se diz triste por ver a palavra “linear” usada de forma pejorativa, usando o argumento da EA para o fechamento da desenvolvedora, após ela declarar que o projeto que a Visceral estava trabalhando inspirado em Star Wars estava se tornando uma experiência voltada para uma história linear single-player.

Cory defendeu dizendo que histórias lineares tem a possibilidade de darem urgência aos jogadores, ao contrário do que a Electronic Arts disse.

Confira o tweet original do diretor abaixo:

God of War, uma experiência single-player voltada para uma história linear, tem previsão de lançamento para o início de 2018.

Comente!