De acordo com o Deadline, Neal Moritz, um dos principais produtores envolvidos com a franquia Velozes e Furiosos, está processando a Universal Pictures pela não participação no spin-off protagonizado por Dwayne JohnsonJason Statham

» Siga o Bastidores no Facebook , Instagram e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema «

O produtor entrou com o processo alegando quebra de acordo verbal e fraude promissória após ter sido desligado do projeto. O caso foi levado ao Tribunal Superior de Los Angeles, descrito como um exemplo clássico da ganância de Hollywood.

Abaixo você confere parte da reclamação. 

“Em um grande ato de má fé e apenas alguns dias antes da filmagens do spin-off começarem, a Universal assumiu uma postura que Mortiz teve que contestar: aceitar uma menor quantia pelo projeto ou ser completamente desligado do mesmo. Apesar de Mortiz ser resguardado pelo Pay-or-Pay em todas as sua participações na franquia, a Universal assumiu a posição de continuar usufruindo das ideias do produtor para Hobbs and Shaw sem fornecer quaisquer créditos ao produtor.”

A queixa foi dada no dia 7 de setembro, acrescentando que um acordo verbal havia sido feito com os presidentes do estúdio, Donna LangleyJimmy Horowitz, dizendo que Mortiz receberia US$ 2 milhões mais uma participação de 6% na arrecadação do filme. 

Com direção de David M. Leitch (Deadpool 2)Hobbs and Shaw apresentará uma trama focada nos personagens de The Rock (Hobbs) e Jason Statham (Shaw). O filme tem previsão de estreia para julho do ano que vem. 

 

Comente!