Procurando provar que uma conspiração entre os astronautas “fabricou” o formato que conhecemos hoje da Terra, um homem californiano pretende se lançar a uma altura de quase 550 metros neste sábado, 25, em um foguete construído a partir do zero com metal bruto.

» Siga o Bastidores no Facebook , Instagram e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema «

Assumindo uma velocidade de 804,6 quilômetros por horas, o voo através do Deserto de Mojave não irá matá-lo, conforme Mike Hughes, o “empirista” por trás do experimento, declarou à imprensa. Sua jornada pela atmosfera irá marcar a primeira fase de seu ambicioso programa que tem como objetivo final provar que o planeta em que vivemos é plano.

Eventualmente, Hughes pretende colocar-se uma milha acima da atmosfera da Terra, período no qual o homem de 61 anos irá fotografar o disco, não a esfera, dentro da qual nós vivemos. “Isso irá encerrar quaisquer dúvidas sobre a Terra ser redonda”, ele disse, durante um evento de arrecadação de fundos para seu voo. As teorias discutidas durante a entrevista incluíram o fato da NASA ser controlada por um órgão muito superior que os obrigava a dizer que o planeta tem a forma que acreditamos ter.

Hughes também prometeu que iria expor à comunidade terraplanista que iria expor a conspiração para o mundo inteiro. Confira o vídeo abaixo:

Comente!