Filmes com animais quase sempre são sucesso de público por contar histórias ou que nos emocionam ou que nos fazem rir ou em outros casos nos deixam apavorados como em Aracnofobia. Eles podem ser protagonistas ou coadjuvantes, isso dependendo da mensagem que o filme quer passar. A maioria dessas produções focam em cães e gatos, mas os macacos não ficam para trás. Há muitas bons filmes com os símios, alguns muito bons outros nem tanto. Há duas franquias de sucesso em que o protagonista são os macacos: King Kong e Planeta dos Macacos. Ambos inovaram em colocar esses animais tão inteligentes como protagonistas e justamente agora que o novo Planeta dos Macacos: A Guerra estreia resolvemos elaborar uma lista com indicação de dez filmes com macacos. 

» Siga o Bastidores no Facebook , Instagram e no Twitter e fique por dentro de todas as notícias! «

10. George o Curioso (2006)

George, O Curioso é uma história de aventuras que gira em torno do macaco chamado George e o guia de museu Ted (Will Ferrell). Eles se encontram na floresta africana por acaso e logo viram amigos. É uma animação bastante simples tanto na história quanto no jeito que foi produzida e que não perde em nada para as animações atuais. Animação fez um certo sucesso e teve duas sequências diretas (2009 e 2015) e uma série animada que teve 5 temporadas. História foi baseada no livro de mesmo nome escrito por H. A. Rey que morou no Brasil por alguns anos e possivelmente se inspirou no país para realizar sua criação. O que não dá para entender é: porque o personagem encontra o macaco George na África e não no Brasil, sendo que o autor nunca viajou para a África?

9. Congo (1995)

Congo não é um clássico e dificilmente as pessoas lembram dele, mas é uma produção bem interessante. Tudo tem início com um grupo que vai à África para realizar uma expedição, dentre os muitos propósitos está o de descobrir mortes suspeitas de funcionários ligados a uma empresa. Junto eles levam um gorila que aprendeu a linguagem dos sinais para se comunicar com os humanos. A ideia é soltar o gorila em seu habitat natural para conviver com outros da mesma espécie. Congo custou 50 milhões e teve boa receptividade nos cinemas fazendo 150 milhões. Produção foi baseada em um livro do escritor Michael Crichton.

8. Nas Montanhas dos Gorilas (1988)

Clássico da sessão da tarde traz Sigourney Weaver como a antropóloga Dian Fossey que no ano de 1967 viajou até a África e em Ruanda se dedicou à cuidar da preservação dos gorilas que viviam nas montanhas e que estavam ameaçados de extinção por causa da caça predatória. Dian Fossey existiu mesmo e na vida real ela era uma zoóloga que defendeu os gorilas em Ruanda e no Congo. Foi assassinada em 1985 por defender a matança desses animais. Quem não assistiu corra para vê-lo, tem uma história emocionante e linda. Por esse papel Sigourney Weaver concorreu ao Oscar em 1989 e recebeu o Globo de Ouro de melhor atriz de drama. 

7. Epidemia (1995)

Antes de Contágio de Steven Soderbergh tratar de uma doença que se espalha rapidamente pelo mundo houve essa ficção científica bastante realista que tratava do mesmo tema, no caso a epidemia começa em uma tribo africana. Um macaco contrabandeado da África começa a espalhar o vírus por uma cidade americana e aí entra a equipe de infectologistas tentando descobrir a origem da doença e sua cura. Há alguns furos nesse filme, um deles é como a doença pode ser disseminada tão rapidamente por uma região em tão pouco tempo? E como descobriram a cura em tempo recorde? Se fosse tão fácil encontrar uma cura Walking Dead já teria terminado há muito tempo. 

6. Shakma – A Fúria Assassina (1990)

Esse é um clássico do terror do cine trash que passava nas tardes na TV Bandeirantes. Aqui encontramos um babuíno que recebe doses de uma droga que evitaria a agressividade, mas acontece totalmente o contrário e o macaco passa a matar todos que estão no laboratório. É um filme que marcou bastante por ser um terror de baixo orçamento e por trazer um vilão não tão comum para produções do tipo. Se Sharknado teve 4 continuações porque não Shakma não mereceria uma? É de se pensar. 

5. Projeto Secreto, Macacos (1987)

Matthew Broderick estava no auge da carreira quando trabalhou nesse longa, havia feito um ano antes Curtindo a Vida Adoidado e foi levado ao status de ídolo entre os jovens. Esse é um longa muito interessante e inteligente que fala de mal tratos a chimpanzés que eram usados em experiências em simuladores de voos. É um filme bastante injustiçado, nas premiações foi ignorado e na bilheteria também, tanto que não conseguiu pagar os custos de produção. Esse é um clássico que merece ser conferido de tempos em tempos e é uma boa pedida para quem quer conhecer ou redescobrir filmes dos anos 80. 

4. George: O Rei da Floresta (1997)

Anos antes de estrelar a aventura A Múmia (1999) Brendan Fraser fazia um dos Tarzans mais memoráveis e irracionais do cinema. Totalmente diferente do que estávamos acostumados a acompanhar nas telas por ser desastrado e muitas vezes bobo. Claro que quem era criança e o viu na época deu muitas risadas, hoje não passaria de uma espécie de Trapalhões e provavelmente você não iria rir de quase nada. Filme foi baseado em uma produção de mesmo nome que passou na tv americana entre os anos de 1967 e 1970 e contou com uma continuação fraca em 2003

3. Rei Leão (1994)

Que Rei Leão é um clássico do cinema isso não há dúvida, desde sua abertura maravilhosa até a conclusão épica. Dentre os personagens Rafiki é um dos mais importantes por ser uma espécie de mentor espiritual. É ele que apresenta Simba e é o responsável por fazer ele voltar para a pedra do Rei. Difícil imaginar Rei Leão sem ele e mais difícil ainda é encontrar um personagem secundário em uma animação com tanto destaque quanto Rafiki é.

2. Planeta dos Macacos

Planeta dos Macacos é um clássico do cinema que recentemente está sendo redescoberto. A franquia teve seu primeiro filme feito em 1968 e contou com outras quatro continuações antes dessa trilogia atual. São elasDe Volta ao Planeta dos Macacos, Fuga do Planeta dos Macacos, A Conquista do Planeta dos Macacos e A Batalha do Planeta dos Macacos, além de contar com um remake direto feito em 2001 por Tim Burton. A volta dos macacos para a telona veio com Planeta dos Macacos: A Origem seguido pela continuação direta O Confronto e esse último filme chamado de Planeta dos Macacos: A Guerra. Atualmente é uma franquia importante para Hollywood que resolveu amarrar toda a história do astronauta que cai em um planeta governado por macacos, havia pontas soltas nos filmes anteriores e essa nova trilogia veio para explicar como tudo ocorreu. Filme de 1968 se baseou na obra de Pierre Boulle.

1. King Kong 

King Kong é provavelmente o macaco mais conhecido do cinema e um dos que mais lembramos. Seu primeiro filme em 1933 alçou ele a fama de monstro temido por todos e em 2005 Peter Jackson o trouxe de volta em uma ótima aventura. Esse ano saiu uma outra versão pela Warner que terá sim consequências para todo um universo de monstros criado pela empresa. A ideia é colocar o Rei Macaco contra Godzilla que provavelmente terá a companhia de outros monstros como a Moira. Esse universo dos monstros gigantes é bastante rentável e demorou para que eles fossem tirados do papel e que tivesse uma participação de um no filme do outro. 

Comente!