Durante toda a saga de Harry Potter, sempre houveram inúmeros relacionamentos entre diferentes personagens, e na maioria dos casos, esses relacionamentos foram até bem construídos e geraram bons frutos, como por exemplo o de Harry com Gina Weasley. Contudo, já outros foram totalmente forçados e acabaram por serem bem mais constrangedores do que bonitos em si.

» Siga o Bastidores no Facebook , Instagram e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema «

Com isso, listamos aqui 5 bons exemplos de casais que realmente não funcionaram na saga, confira.

HARRY POTTER E CHO CHANG

O romance entre adolescentes é sempre certeza de ser estranho, confuso e complicado, mas o relacionamento de Harry e Cho é uma mistura de tudo isso e ainda mais. Cho ainda estava em estado de superação do seu falecido namorado, Cedric Diggory, e Harry estava lidando com os problemas do destino do mundo ligados ao retorno de Voldemort. Nenhum deles poderia realmente entender o que o outro estava passando, e nenhum deles estava no estado emocional certo para esse relacionamento ou possivelmente para qualquer relacionamento na época. No final, acabou o que todos previam, o relacionamento deles foi condenado antes mesmo de decolar.

RON WEASLEY E LAVENDER BROWN

Ron e Lavender sem sombra de dúvida, foi o relacionamento mais irritante de toda a série por inúmeras razões. Primeiramente, o relacionamento parecia forçado e doentio em vários aspectos. O próprio Ron se cansou desse romance, mas não conseguiu romper verdadeiramente com ela. Ele apenas se afastou e manteve distância dela, e ela reagiu como qualquer adolescente apaixonada faria.  Realmente foi um grande desserviço a personagem, reduzindo a pobre garota a penas uma namorada indesejada, histérica e pegajosa.

GINA WEASLEY E DEAN THOMAS

Apesar de sempre ter sido apaixonado por Harry, Gina Weasley não esperou por ele, e acabou entrando em um relacionamento com Dean Thomas. Logo ficou claro que o par era totalmente incompatível, já que Gina não suportava o comportamento superprotetor de Dean. No entanto, a pior parte desse namoro com certeza foi a imaturidade que trouxe em Ron. Ele ficava bravo constantemente pela irmã namorar com o Dean sempre no meio de um público.

DRACO MALFOY E PANSY PARKINSON

Pansy Parkinson era basicamente a contraparte feminina de Draco, sendo ambos maldosos e da casa de Sonserina. O que acabou gerando uma relação bastante entediante entre os dois. Pansy sempre se parecia mais como uma perseguidora do que uma namorada do Draco em si, ainda com Draco raramente dando atenção ou carinho a ela. Eles pareciam se relacionar principalmente por os traços negativos que carregavam em sua personalidade. Na época, ambos eram valentões que acreditavam em sua própria superioridade baseada no status de puro sangue. Com isso, já dá para perceber o nível que era essa relação.

VOLDEMORT E BELLATRIX LESTRANGE

Um relacionamento entre Voldemort e Bellatrix é algo que realmente ninguém pensaria que pudesse existir, mas então veio Harry Potter e a Criança Amaldiçoada. E então ficamos sabendo que Bellatrix tinha fortes sentimentos por Voldemort, mas é realmente difícil imaginar Voldemort envolvido romanticamente com alguém. Voldemort não entende o amor por causa das circunstâncias de seu nascimento. E para piorar, nasceu uma filha desse relacionamento, que de fato trouxe mais perguntas do que respostas, mas provavelmente não queremos essas respostas, de qualquer forma. No geral, essa foi uma adição tardia e confusa a mitologia da saga.

Comente!