Uma das franquias mais icônicas da Fox, Predador já rendeu quatro filmes próprios, além de dois crossovers com Alien, outra marca de peso do estúdio. Um novo filme dirigido por Shane Black acabou de chegar às telonas, tornando totalmente propícia uma lista repleta de curiosidades dos bastidores dos filmes com o alienígena nada simpático.

» Siga o Bastidores no Facebook , Instagram e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema «

Com mais de trinta anos de história, além de ter alçado Arnold Shwarzenegger a um dos papeis mais memoráveis de sua carreira, Predador revolucionou o cinema de ação testosterona em 1980, conquistando uma legião de fãs pela mitologia rica da criatura que caça humanos por esporte. Acredite, os bastidores dessas produções também contam histórias significativamente boas que renderiam filmes por si só.

Mandibulas de James Cameron

Como veremos em breve, a concepção original do Predador era um desastre completo. O monstro beirava o ridículo. Com Stan Winston encarregado para reformular o design do bicho, diversas tentativas foram feitas até chegarmos na criatura icônica que conhecemos hoje. Com o pedido do diretor para que o alien tivesse mandíbulas grotescas e assustadoras, James Cameron sugeriu o design meio artrópode para Winston durante um voo. O resultado disso tudo, todos nós já sabemos.

A Fantasia de Carnaval

Apontado anteriormente, o design original da criatura era simplesmente cômico. Encarregado por dar vida ao bicho, Jean-Claude Van Damme se enfiou na fantasia no meio do mato por alguns dias até ser demitido da produção. O diretor John Mctiernan estava convencido que o resultado era simplesmente ridículo, pedindo para Stan Winston reformular a criatura do zero.

E assim foi feito. Desse modo temos o alien repleto de dreads, armamentos high tech e com um dos rostos mais feios de todos os tempos.

Academia Voadora

Durante seus anos dourados e até mesmo hoje, Schwarzenegger é conhecido pelo seu físico escultural delineado e forte. Na época das filmagens, o ator queria que todos seus colegas de tela fossem extremamente fortes como ele.

Para não perder a forma e colocar os outros nos trinques para enfrentar um alienígena psicótico, Schwarzenegger demandou que a produção montasse uma academia inteira no México, no salão de festas do hotel que ficaram hospedados durante as filmagens. Para isso, todo o equipamento que ele listou foi trazido em um avião de carga junto com os outros itens de filmagem.

Todos os dias, o elenco acordava uma hora mais cedo para malhar sob a coordenação do ator.

Atores e Soldados

John Mctiernan queria capturar a paranoia completa dos soldados durante os conflitos na Guerra do Vietnã – o primeiro filme é praticamente uma metáfora ao conflito na época. Para conferir mais realismo no elenco, o diretor elencou alguns veteranos da guerra para estrelar no filme.

Por exemplo, Jesse Ventura e Richard Chaves (que interpreta Poncho), são veteranos, apesar de muitos outros atores não contarem com essa experiência.

Casório no set

Durante as filmagens, Arnold Schwarzenegger acabou se casando com Maria Shriver. Porém, ele não se ausentou da produção por muito tempo. Saindo do set na sexta-feira para se casar, Arnold já estava de volta na quarta. O casamento durou mais de vinte anos, mas acabou por conta das constantes traições do ator.

Pre

Fora de Sequência

Schwarzenegger nunca teve problemas com sequências como ficou provado com a franquia O Exterminador do Futuro, porém o ator recusou veementemente aparecer em todos os outros filmes Predador, incluindo o novo que estreia em 2018.

Na época do segundo filme, Schwarzenegger odiou a ideia de mudar o cenário da história para uma cidade, além de querer um aumento salarial de 250 mil dólares. Depois dessa discordância, Arnold sempre mostrou descontentamento pela franquia a cada novo filme.

Procura-se meu Predador

Assim como todas as sequências, Predador 2 trouxe um cenário maior, mais mortes e mais predadores para o combate. O esforço de criar criaturas únicas e distintas foi totalmente de Stan Winston, porém, após as filmagens, todos os trajes das criaturas sumiram. Ninguém sabe se foram perdidos ou roubados.

Alien no Predador

Um dos easter eggs mais divertidos de Predador 2 ocorre quando o painel com os troféus do alienígena principal é mostrado. Entre colunas e crânios humanos, é possível ver o crânio de um alien xenomorfo, as criaturas da franquia Alien. Ou seja, desde aquela época, a Fox já pensava em um crossover entre essas duas propriedades que fazem parte do mesmo universo.

Nascido em 1995

O terceiro filme da franquia, Predadores, foi idealizado em 1995 com Robert Rodriguez já responsável pelo roteiro. Ao entregar a primeira versão para a Fox, porém, muito do que o diretor havia escrito era impossível de filmar com a tecnologia da época. O projeto foi engavetado por quase quinze anos. Quando a produção enfim começou, diversas das características originais de Rodriguez foram mantidas, apesar da história ter mudado completamente.

Cobrindo os passos

Filmar em locação já é um desafio, porém nada se compara com filmar na selva ou florestas. Além do terreno ser complicado, as mudanças climáticas e insetos que atingem a produção são um desafio a parte, além de ser uma área bastante escura por conta da copa das árvores.

Em Predador, a degradação do ambiente rapidamente foi notada pela equipe. As andanças do pessoal e a mudança de lugar dos equipamentos estavam deixando diversos rastros pelo chão. Para resolver isso, a produção coletou milhares de folhas para jogar no solo a fim de cobrir as deformidades deixadas, evitando prejudicar a imersão do filme.

Agora com O Predador nos cinemas, a história da franquia vai ganhar alguns novos capítulos nos bastidores, incluindo até mesmo uma polêmica pesada com Olivia Munn e a produção do filme, mas essa é uma história para outro dia.

Comente!