Entre os maiores acertos de George Lucas em apostar na sua propriedade intelectual mais famosa da História do Cinema, com certeza houve o pioneirismo em explorar ao máximo o potencial dos games para retratar ou popularizar ainda mais suas histórias intergalácticas com Star Wars.

» Siga o Bastidores no Facebook , Instagram e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema «

Agora com a chegada do oitavo episódio, o ânimo para revisitar ou conhecer novos conteúdos da franquia está mais aquecido que nunca. Justamente por isso, é uma boa vasculhar o extenso catálogo de games já criados pela saudosa LucasArts e se aventurar em uma galáxia muito, muito distante….

10. Lego Star Wars: The Complete Saga

Uma combinação já antiga e de sucesso: Star Wars e Lego. Apostando nas marcas da Lucasfilm para começar a ganhar espaço no campo dos jogos virtuais, a LEGO acertou em cheio com a coletânea Lego Star Wars: The Complete Saga reunindo todos os seis episódios da saga principal em diversos capítulos divertidos contando com uma infinidade de personagens e veículos. O clima casual e o foco na exploração das fases para achar colecionáveis diversos foi um dos maiores destaques do jogo, além da adaptação bem-humorada de toda a história da saga com minifigures LEGO – nessa época, os personagens não tinham linhas de diálogo.

9. Star Wars: Battlefront II

Em 2005, a LucasArts elevaria o parâmetro dos jogos multiplayer de Star Wars para sempre. Possibilitando os jogadores a escolherem os dois lados de uma guerra sem fim, pudemos participar das batalhas mais icônicas da saga em um estilo único de gameplay extremamente viciante e eficiente, recompensando o rendimento do jogador com a possibilidade de controlar os personagens mais famosos da franquia. Até mesmo o modo singleplayer possuía uma boa dose de história original ao incorporar as memórias de um clone durante as Guerras Clônicas.

Uma pena, porém, que a franquia não evoluiu tão bem quanto nós esperávamos, afundando a nova iteração em polêmicas desnecessárias.

8. Star Wars: Episode I – Racer

Mesmo que a sequência da corrida em Ameaça Fantasma seja consideravelmente longa, é inegável que se trata de um dos melhores momentos do filme. Sabendo que muita gente iria querer se transportar para aquela corrida maluca em Tattooine – além do embalo dos diversos jogos de corrida arcade da época, a LucasArts apostou corretamente em um dos games mais divertidos da franquia: Episode I – Racer.

Tornando-se um clássico do N64, Racer trazia diversas pistas e veículos característicos da famosa cena do filme. Com controles responsivos e gráficos carismáticos, Racer virou um clássico instantâneo e um dos títulos mais nostálgicos da nossa infância.

7. Star Wars: Tie Fighter

Um dos maiores clássicos dos jogos de Star Wars para Windows é justamente Tie Fighter, jogo single-player que apostava nos frenéticos combater espaciais da franquia original. Sequência de X-Wing, Tie Fighter foi outro sucesso de crítica e vendas em 1994 pelas grandes melhorias que apresentou em jogabilidade e profundidade de mecânica incluindo um modo crafting e uma campanha focada nos acontecimentos entre os episódios V e VI.

6. The Old Republic

Quando todos esperavam Knights of the Old Republic III, a Bioware anunciou The Old Republic, um MMO ambientado na Velha República do universo Star Wars. Gerando muitas polêmicas iniciais, o game passou por inúmeras mudanças ao longo dos anos, tanto na sua progressão, quanto nas próprias mecânicas, fazendo dele, hoje, uma obra totalmente diferente daquela que conhecemos originalmente. Atualmente free to play – com limitações severas, portanto recomendo que paguem, ao menos, um mês para jogarem – o jogo se tornou o verdadeiro sucessor de KOTOR 2, com uma história envolvente, digna da Bioware, e uma jogabilidade viciante, capaz de nos manter presos por horas e horas!

5. LEGO The Force Awakens

Primeiro grande lançamento da série de games LEGO para a nova geração, a adaptação de Star Wars: O Despertar da Força é uma gigantesca a agradável surpresa. Ainda que mantenha diversos padrões conhecidos de seus títulos anteriores, este jogo LEGO muda praticamente tudo e oferece uma imersão mais complexa e uma jogabilidade mais interessante, que mistura a arte de construir bloquinhos com elementos de shooter, puzzles e até um mundo aberto explorável que oferece diferentes missões e conquistas. Todos os personagens do filme estão aqui, ganhando animações divertidas e contando com o luxo de terem o elenco original completo fazendo a dublagem. Talvez seja o melhor jogo LEGO lançado até então. Lucas Nascimento

4. Star Wars Jedi Knight II: Jedi Outcast

Algumas sequências chegam para abalar as fundações dos originais. Um exemplo disso é o clássico Jedi Knight II: Jedi Outcast, um dos melhores games focados em narrativa single-player de toda a franquia. Focado na história de Kyle Katarn, aluno de Luke Skywalker, vemos o herói abandonar a Academia Jedi para se tornar um mercenário nos tempos áureos da Nova República. Porém, ao falhar em uma missão e ver uma amiga sucumbir, Kyle se vê obrigado a vinga-la, novamente utilizando a Força para impedir a ascensão de novas forças do mal.

Focado em combate de tiro e também com sabre de luz, Jedi Knight II foi um dos primeiros games a focar na progressão natural de conquista de poderes, tanto Jedi quanto Sith. Apesar da jogabilidade ter envelhecido mal, ainda é um dos games favoritos de muitos fãs da saga.

3. Star Wars Rogue Squadron II: Rogue Leader

De fato, o melhor jogo de naves de Star Wars até hoje. Clássico exclusivo do GameCube, Rogue Leader trazia gráficos de ponta e jogabilidade rápida. Na história, controlamos Luke Skywalker e Wedge Antilles, dois grandes pilotos da Aliança Rebelde, ao longo das maiores batalhas galácticas da trilogia original, podendo controlar veículos icônicos da saga. Já neste game, a LucasArts impunha diferentes características para os veículos alternando armas e velocidade, além de habilidades únicas. Elogiado ao máximo na época de seu lançamento, somente foi lamentada a ausência de um modo multiplayer para estender a vida útil do jogo.

2. Knights of the Old Republic II: The Sith Lords

KOTOR II conta com uma conturbada história de produção. O lançamento do jogo foi apressado e a Obsidian não conseguiu termina-lo apropriadamente, portanto, o que ganhamos é um game incompleto, com muitos detalhes da história deixados de fora – uma pena, pois justamente por isso ele não ocupa o primeiro lugar dessa lista.

O primeiro Knights of the Old Republic é uma aventura nos moldes da trilogia original de Star Wars, mas sua continuação expande esse conceito e nos entrega uma trama sombria, envolvente, repleta de questionamentos que fogem do clássico Luz x Sombras. Trata-se de um dos poucos materiais da franquia que abandona o maniqueísmo presente nesse universo, dando espaço para questões mais pertinentes, enquanto os personagens centrais são magistralmente desenvolvidos.

Além disso, todas as mecânicas foram melhoradas, tornando esse um jogo consideravelmente mais fluido. Mas, como já foi dito, é um jogo incompleto. Felizmente, para resolver isso, os fãs fizeram um mod, The Sith Lords Restored Content Mod (TSLRCM), que torna a experiência mais próxima do que a Obsidian almejava criar.

1. Knights of the Old Republic

Chegamos, então, ao game que todos já esperavam ver no topo dessa lista. Knights of the Old Republic é um divisor de águas na franquia. É o game que tornou o universo expandido tão ou até mais atraente que as histórias ligadas aos Skywalker – não por acaso Darth Revan, um dos personagens centrais do game, se tornou tão popular ao longo dos anos.

Temos aqui o primeiro bem-sucedido RPG de Star Wars, com mecânicas que perfeitamente se sustentam até hoje. Trata-se de uma história que se equipara à trilogia original, com personagens inesquecíveis e locais memoráveis. Atualmente disponível para computadores e dispositivos móveis, essa é uma aventura obrigatória para qualquer fã da franquia.

Esses são os jogos que mais marcaram a história da franquia. E você? Concorda? Mande seus favoritos nos comentários!

Comente!