George Lucas inspirou milhares. E ainda inspira. Muito antes da compra da Lucasfilm e suas propriedades pela Disney, diversos fãs arregaçaram as mangas e foram trabalhar em cima das ideias que Lucas apresentou em Star Wars. Em pouco tempo, vários manuscritos eram enviados para a Lucasfilm, aguardando a aprovação do material para fazer parte do cânone oficial da saga.

» Siga o Bastidores no Facebook , Instagram e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema «

Seja em livros, quadrinhos ou games, o universo de Star Wars foi expandido. Tanto antes quanto depois da fatídica Batalha de Yavin. Assim, diversos outros fãs puderam conhecer personagens exemplares que marcaram a memória da saga como Mara Jade, Jaina Solo, Darth Revan ou Almirante Thrawn.

Hoje, mesmo que a Disney tenha tornado quase tudo o que foi produzido e aprovado em material não-canônico, temos histórias que valem muito a pena serem lidas. Sejam velhas ou novas, aqui estão nossas dez obras literárias favoritas de uma galáxia muito, muito distante…

****

Star Wars: Um Novo Amanhecer

Parte do novo cânone, Um Novo Amanhecer conta como Kanan Jarrus e Hera Syndulla acabaram se conhecendo antes dos eventos de Star Wars Rebels, seriado animado de muita qualidade de Dave Filoni. Temos um vislumbre aterrorizante sobre como é a galáxia agora dominada pelo Império enquanto permanecemos na agonia da desordem completa dos primeiros rebeldes. Esse livro já está traduzido e disponível aqui.

Star Wars: Esquadrão Rogue (Legends)

Essa é a primeira menção de livros constituídos por uma série inteira. No caso, Esquadrão Rogue é o primeiro volume da série X-Wing. Protagonizados pelo piloto-lenda, Wedge Antilles, a obra se passa dois anos depois dos eventos de O Retorno de Jedi enfrentando diversas missões em sistemas planetários diferentes, além de reestruturar toda a força X-Wing da Nova República.

Troopers da Morte (Legends)

Basicamente, esse deve ser o primeiro e único livro de terror situado no universo Star Wars. Nele, embarcamos na desventura terrível que os guardas da nave-prisão Purgação sofrem. Com a nave quebrada, uma parcela da equipe é enviada para um destróier imperial congelado no espaço para encontrar novas peças. Mas o que encontram é algo bem pior. Retornando com alguma doença, rapidamente infectam toda a nave-prisão onde diversos tripulantes e prisioneiros morrem de formas tenebrosas. Até que ressuscitam como… zumbis. Uma leitura realmente muito interessante.

Star Wars: Legado de Sangue

Esse aqui tem o feeling da trilogia prequel. Ou seja, muita política. Também parte do novo cânone, vemos como a Nova República é formada enquanto Leia Organa luta para conseguir um posto de liderança nessa nova democracia totalmente desordenada. Porém, seu principal adversário político consegue descobrir seu parentesco Darth Vader, a removendo com facilidade do Senado. Leia também tem que se preocupar com Ben Solo e seu irmão Luke, enquanto os dois treinam juntos no Caminho Jedi.

Star Wars: Kenobi (Legends)

Aqui temos uma associação óbvia com o gênero western. Acompanhamos os anos de Obi-Wan Kenobi em seu refúgio depressivo em Tatooine enquanto trabalha para proteger Luke do império e a si mesmo, já que é considerado um foragido sobrevivente da Ordem 66. Buscando preservar seu anonimato, Obi-Wan acaba envolvido em uma batalha bizarra contra o Povo da Areia que deseja exterminar uma comunidade local que vive as margens de um oásis.

A Velha República: Revan (Legends)

O game Knights of the Old Republic introduziu um dos personagens mais queridos do universo expandido de Star Wars, mas sua história não acaba ao término do jogo.

A Velha República: Revan funciona tanto para preencher a lacuna entre Knights of the Old Republic II, quanto para dar continuidade aos eventos que presenciamos em ambos os games da franquia criada pela Bioware. Nele vemos Revan indo de encontro ao Imperador Sith, que no espaço desconhecido fortalece seu Império para atacar a República, o que acabamos vendo no jogo The Old Republic. Como protagonista, Revan deve tentar impedir esse vilão, tudo enquanto descobre mais sobre o seu próprio passado, do qual tem poucas recordações.

Certamente um essencial livro para quem deseja conhecer mais sobre esse icônico personagem.

Crítica Tarkin James Luceno

Star Wars: Tarkin

Com a experiência e a Força do seu lado, James Luceno nos traz a fascinante história do homem que se tornaria Grand Moff, ocupando uma posição de equivalência ao próprio Vader no cenário galáctico. Tarkin é uma obra nada menos que obrigatória para todo e qualquer fã de Star Wars e ajuda imensamente a construir nossa percepção sobre esses tempos sombrios dentro da mitologia da franquia, trazendo o passado e presente de um icônico personagem que, até então, fora muito subutilizado. O novo cânone definitivamente começou com o pé direito.

Trilogia Darth Bane (Legends)

Com o primeiro volume recém-publicado no Brasil, a trilogia Darth Bane é uma das obras imprescindíveis para todo fã de Star Wars. O livro acompanha a origem e ascensão de um minerador que deseja se vingar da República e dos Jedi. Se aliando aos Sith, o guerreiro rapidamente é reconhecido e, seu nome, fica famoso: Bane. Conquistando tudo e eliminando seus inimigos, Bane acredita conseguir toda a Força para si, nem que precise destruir todos os seus aliados para atingir o perverso objetivo.

Star Wars: Darth Plagueis (Legends)

Você já conhece a trágica história de Darth Plagueis? Muito provavelmente não e James Luceno faz de tudo para que a experiência seja realmente memorável. Focado na relação nada amistosa entre Plagueis e seu aprendiz, Darth Sidious, temos uma narrativa que explora a fundo os limites da Força e das tramoias políticas para ascensão no poder dentro da República. Para piorar, a sede de poder de Sidious acaba permitindo que ele descubra uma incrível habilidade de seu mentor: poder manipular e criar vida e morte.

Estrelas Perdidas

Claudia Gray cria uma história verdadeiramente única em Estrelas Perdidas, claramente criando uma versão de Romeu e Julieta no universo Star Wars.

Na trama acompanhamos Ciena Ree e Thane Kyrell, dois pilotos que entram juntos para a Academia Imperial. Thane, no entanto, testemunha os horrores cometidos pelo Império e se junta à Rebelião, enquanto Ree continua servindo o regime que domina a galáxia. Dessa forma, vemos a trajetória dos dois, desde cinco anos antes da Batalha de Yavin, até a queda do Império, com ambos tendo de passar por inúmeras provações enquanto todo o cenário político vai se alterando e a guerra civil atinge proporções cada vez maiores.

Parte do novo cânone de Star Wars, essa certamente é uma das obras indispensáveis a qualquer fã da franquia.

Star Wars: Sombras do Império (Legends)

Parte de um grande projeto transmídia da Lucasfilm/ Lucasarts, Sombras do Império marcou uma geração de Star Wars, com histórias em quadrinhos, games e, claro, o livro aqui em questão. O autor Steve Perry busca nos contar mais sobre o período pouco explorado entre O Império Contra-Ataca e O Retorno de Jedi, apresentando um novo vilão, Xizor, líder do Sol Negro, um dos mais poderosos sindicatos do crime da galáxia.

Quando o antagonista sequestra a princesa Leia, na esperança de atrair Luke Skywalker, cabe ao Jedi, Lando e Dash Rendar (personagem criado para esse projeto multimídia), salvá-la. Enquanto isso, Xizor planeja tomar o lugar de Darth Vader ao lado do Imperador.

Star Wars: Herdeiro do Império/Trilogia Thrawn (Legends)

 

Por muitos anos a trilogia Thrawn serviu como a continuação oficial do Episódio VI. Timothy Zahn, embora não tenha sido o primeiro autor a expandir o universo de Star Wars, certamente foi o mais importante, abrindo caminho para inúmeros outros autores, que apenas continuariam o que ele iniciou em Herdeiro do Império.

Tais histórias se passam pouco tempo após a batalha de Endor e mostram a ascensão do grão Almirante Thrawn, um brilhante estrategista, que é capaz de praticamente destruir a Nova República através de seus calculados movimentos. Ao longo dos três romances, o antagonista prova ser tão formidável quanto Vader e o Imperador, conquistando seu merecido lugar no imaginário dos fãs de Star Wars. Não por acaso ele acabou se tornando canônico novamente através da série Star Wars Rebels.

Independente se você está satisfeito com o caminho tomado pela Disney nessa nova trilogia cinematográfica, as obras de Timothy Zahn certamente são leituras obrigatórias!

****

Esses são os livros que mais recomendamos para vocês, leitores. Muita coisa interessante, de fato, e que facilmente poderiam ser canônicas com uma rápida decisão da Disney. Será que veremos mais desses personagens em outras novas obras? 

Comente!