Todos com certeza devem lembrar da aclamada série animada do Batman, que estreou em 1992 e deu início ao DC Animated Universe. A serie produzida por Bruce Timm e por Eric Radomski foi amplamente aclamada, chegando a ganhar 4 vezes o prêmio Emmy e também a ser considerado pelos fãs da editora como umas melhores versões do famoso vigilante já feitas para o áudio visual. A série foi um marco e com a estreia de Liga da Justiça, que traz de volra o famoso tema clássico do morcego para as telonas, é válido relembrar os dez melhores episódios desta soberba série.

» Siga o Bastidores no Facebook , Instagram e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema «

Confira:

10. Batman Está no Meu Porão (I’ve Got Batman in My Basement – 1ª Temporada)

O dia em que vimos o Homem Morcego tendo que ser protegido pelas pobres crianças de Gothan City. Depois de um confronto com o Pinguim e seus comparsas depois de um furto,  Batman acaba sendo desacordado por uma das armas soníferas do guarda chuva do pinguim. Até que ele é resgatado por acidente pelas crianças que flagraram o roubo e escondem o herói no porão da casa de um deles. Até que o Pinguim descobre a localização da casa das crianças e tenta invadir para matar seu rival. Apenas imagine Esqueceram de Mim estrelando o Batman e o Pingüim e seus capangas como os ladrões invasores. Um divertidíssimo episódio que mostra outra das tensas desventuras do homem morcego em suas noites de luta contra o crime e se vendo salvo pelas ingênuas e corajosas crianças.

9. O Julgamento (Trial – 2ª Temporada)

Um dos episódios mais fascinantes de todo o seriado! Já imaginou ver o Batman sendo julgado em um tribunal por todos os seus vilões como júri e o Coringa de juiz, sob seu crime de ter criado cada um dos criminosos ali dentro. E ele ainda tendo que ser defendido pela promotora Janet Van Dorn, que não só é contra as ações do Batman como também namora seu alter ego Bruce Wayne. Uma narrativa afiada e realmente transgressora, que disseca com perfeição os elementos morais da rivalidade entre Batman e seus vilões como seus perfeitos opostos. Mas ao mesmo tempo sucinta a importância da existência do Batman na luta contra o crime, e mostra como pérfidos são cada um dos vilões e como eles terminariam sendo o que são sem precisar da influência do Batman. Uma desconstrução brilhante da rivalidade pessoal de cada vilão com o Batman e uma revelação inteligente de sua importância para cada um deles e para Gothan.

8. Vingança (Vendetta – 1ª Temporada)

Aqui, o Batman vai ajudar alguém que ele não considera como um aliado, que é o detetive Harvey Bullock e nos faz lembrar que o morcego vigilante sempre esta a favor da justiça e não de pensamentos pessoais. Após dois homens condenados que iriam a julgamento serem sequestrados, a analise das cenas indicam que Bullock é o culpado pelo crime, porem mesmo com as evidencias, o Batman não acredita que Harvey seja o responsável. Então ele parte em uma investigação para descobrir quem realmente é o culpado pelo sequestro, antes quem um homem inocente seja considerado culpado.

7. Coração de Gelo (Heart of Ice – 1ª Temporada)

Um episódio que nos lembra o quanto ruim foi a encarnação do Mr Freeze de Arnold Schwarzeneger em Batman e Robin. Neste ótimo episódio introdutório ao vilão de gelo, o clima soturno criado por Paul Dini é fantástico por mostrar a misteriosa investigação do herói sobre o vilão e a criação de sua figura temível e imprevisível de Freeze. Ao mesmo tempo que mostra um pouco da fragilidade humana do Batman ao vermos Bruce Wayne pegando um simples resfriado após enfrentar o vilão em um de seus ataques de gelo. E ainda surpreende por entregar um final íntimo, trágico e até emocionante ao mostrar a verdadeira a do suposto vilão. Poucos seriados, e até filmes, tem um foco de sutileza assim em seus personagens.

6. Sonhos na Escuridão (Dreams in Darkness – 1ª Temporada)

Durante uma visita a um SPA, o Batman encontra um meliante envenenando a agua do local com alguma substancia, ele o confronta e o criminoso acaba por disparar um misterioso gás no morcego. Então, ele começa a ter alucinações por conta da substancia e deduz que só pode ser obra do espantalho. É muito intensa a batalha interna que o Batman enfrenta neste capitulo, e a situação é tanta que ele acaba sendo diagnosticado como louco pelos guardas do Arkham e jogão ele dentro do hospício usando uma camisa de força. É muito genial e metafórico tudo isso.

5. A Busca do Demônio (The Demon’s Quest – 1ª Temporada)

Este episodio divido em duas partes, se inicia com o sumiço do Robin, que foi aparentemente sequestrado, Batman, então vai a caça para descobrir para onde levaram o garoto prodígio, porem não obtém êxito, ate que surpreendente, Ras Al Ghul, o misterioso líder da organização conhecida como A liga das sombras, vai ate O Batman e lhe oferece ajuda na busca pelo Robin, se ele o ajudar a achar sua filha, Thalia al Ghul, que também esta desaparecida. Então, acontecem muitas reviravoltas e revelações, que culminam por mostrar que Ras Al Ghul é oponente fortíssimo tanto intelectualmente quanto fisicamente.

4. Cuidado com o Fantasma Cinzento (Beware the Gray Ghost – 1ª Temporada)

Este episodio presta uma homenagem clara a Adam West, o Batman da serie de 1966, ele inclusive, empresta sua voz a um dos personagens deste capitulo. West faz a voz de Simon Trent, o personagem inclusive faz um grande paralelo com a vida do próprio Adam West. Simon era um ator de grande prestigio, por conta de seu papel como O Cavaleiro Cinzento. Porem, com os anos a sua carreira acabou entrando em declínio e ele se viu a beira da pobreza. Contudo, uma serie de crimes começa a acontecer em Gotham e o Batman ai pedir a ajuda de Trent para ajuda-lo nisso.

3. Histórias Do Cavaleiro Da Noite (Legends of the Dark Knight – 3ª Temporada)

Uma carta de amor à todo legado do homem morcego. Nesse episódio, com um toque metalinguístico, vamos uma sutil exploração do legado do Batman e as formas de sua lenda, ao colocar a narrativa seguindo a perspectiva de um grupo de jovens crianças contando suas histórias sobre o que e quem acham como é o Batman. A primeira história fazendo uma clara homenagem à época cômica e divertida do herói, no tempo dos seriados antigos dos super amigos e da série clássica com Adam West onde vemos Batman e Robin caçando o Coringa e seus capangas em um parque de diversões; e a segunda fazendo uma SOBERBA homenagem ao Cavaleiro das Trevas de Frank Miller ao vermos uma Robin feminina ruiva e um Batman bombado e brutal em suas ações, enfrentando uma gangue entitulada de mutantes. Para depois vermos uma ótima conclusão com o herói mostrando sua verdadeira faceta. Um dos melhores episódios que o seriado já teve.

2. Duas caras (Two-Face – 1ª Temporada)

O episodio em que vemos como o promotor Harvey Dent, se tornou o vilão conhecido como, Duas Caras. O episodio é dividido em duas partes e inicialmente mostra Dent sofrendo com sua dupla personalidade, ele esconde isso de todo mundo, com medo do publico o rejeitar por conta disso. Então, o mafioso Rupert Thorne descobre sobre a doença de Dent e começa a o chantagear, só que  tudo ocorre errado e Harvey acaba com um lado de seu rosto totalmente desfigurado e o seu cérebro também é atingindo no processo, o que resulta na outra personalidade dele assumindo de vez o comando do seu corpo.

1. Quase o Peguei (Almost got i’m – 1ª Temporada)

Difícil fazerem um episódio melhor que esse. Em uma sacada narrativa fantástica, vemos um episódio inteiro se passando quase todo em um local, ao vermos alguns dos vilões do Batman: Coringa, Pinguim, Duas-Caras, Killer Croc, Hera Venenosa; discutindo sobre qual deles chegou o mais perto de quase matarem o homem morcego. Numa sucessão de histórias recheadas de ação, mas o brilho se encontra no contínuo diálogo e na rica interação entre os vilões e suas bizarras suposições de quem é o Batman. Com um finale inesperado e cheio de sarcasmo, esse é facilmente um dos episódios que melhor definiu toda a essência dos vilões e do seu herói com devida perfeição.

Gostaram das seleções? Qual o seu episódio favorito?

Comente!