O legado de Carrie Fisher estará sempre ligado à franquia Star Wars, a ponto de, quando sua morte foi anunciada no último dia 27, muitas manchetes a chamavam de “a lenda de Star Wars” ou referiam-se a ela como Princesa Leia, o nome da personagem que interpretou na saga de ficção científica.

» Siga o Bastidores no Facebook , Instagram e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema «

Obviamente, sua performance perdurou durante muito tempo e a transformou num ícone da cultura pop, mas a filmografia de Fisher vai além dos filmes criador por George Lucas. Ela fez dúzias de aparições em longas-metragens e série de televisão ao longo dos anos, construindo uma carreira considerável.

E você provavelmente a viu em outros papéis além de Star Wars, ainda que não se lembre. E para homenagear essa grande atriz – e escritora, fato que muitos desconheciam -, separamos suas dez melhores interpretações na indústria do entretenimento. É interessante dizer que Fisher infelizmente não teve a mesma sorte que a mãe, Debbie Reynolds, sendo escalada para muitos papéis coadjuvantes ou até terciários e não tendo tanto protagonismo no cinema ou na televisão. Apesar disso, a artista sempre teve uma vida muito agitada, envolvendo-se com diversas vertentes ativistas.

Confira a nossa seleção – e não se esqueça de deixar os comentários:

HARRY E SALLY – FEITOS UM PARA O OUTRO

Image result for carrie fisher in harry met sally

Fora de Star Wars, esse é provavelmente um dos papéis mais memoráveis de Fisher. Aqui ela interpreta Marie, uma amiga próxima da protagonista Sally (Meg Ryan). A personagem teve um importante papel numa cena louvável quando Sally e o co-protagonista Harry (interpretado por Billy Crystal) tentam arranjar um encontro com seus respectivos amigos, Marie e Jess, apenas para descobrir que ambos estavam bem mais interessados um no outro.

S.O.S. – VIZINHOS AO ATAQUE

Fisher teve uma carreira de grande sucesso em papéis de comédia logo que seu arco em Star Wars chegou a um fim. A dramédia de 1989 intitulada S.O.S. – Vizinhos ao Ataque (The ‘Burbs, no original), foi uma de suas entradas mais gloriosas e de maior sucesso no meio humorístico. Aqui, ela interpreta a esposa de um suburbano enlouquecido chamado Ray Peterson (Tom Hanks), emergindo como a voz da razão quando ele fica paranoico devido aos seus estranhos vizinhos.

30 ROCK

A série 30 Rock incorporou incontáveis referências a Star Wars através dos anos, tornando inevitável que um dos membros do elenco da trilogia original fizesse uma aparição. Carrie Fisher foi a escolhida para dar as caras no quarto episódio da segunda temporada, quando deu vida a uma talentosa escritora que, na verdade, era extremamente louca. Ela até tem chance de alterar levemente uma de suas frases mais famosas ao gritar “Me ajude, Liz Lemon. Você é a minha única esperança!”.

OS IRMÃOS CARA-DE-PAU

Image result for the blues brothers carrie fisher

Um dos muitos obstáculos enfrentados por Jake e Elwood Blues à medida em que tentam salvar o orfanato que serviu como lar para os dois quando eram menores é, na verdade, a amargurada ex-noiva de Jake, uma mulher sem nome interpretada por Carrie Fisher. Depois de tentar matá-los múltiplas vezes no filme, o antigo par romântico do protagonista confronta os irmãos em um túnel de carga com uma grande quantidade de balas e um rifle. Em uma das cenas mais engraçadas do filme, Jake salva ele próprio e Elwood ao dar uma série de desculpas e um beijo francês na personagem de Fisher, antes de derrubá-la no esgoto e fugir.

HANNAH E SUAS IRMÃS

Configurando-se como um dos filmes mais formidáveis de Woody Allen, a trama gira em torno da amizade e do relacionamento de três irmãs vivendo em Nova York. No dia de Ação de Graças, seus conflitos amorosos e existências são evidenciados no meio de um grupo de amigos e parentes não muito homogêneo. Apesar de ser condecorada com um papel coadjuvante, Carrie Fisher, nas poucas cenas em que aparece, consegue roubar a atenção para si ao dar vida a April, a antagonista principal que luta pelo coração e pela atenção do par romântico de Holly (Dianne Wiest).

SHAMPOO

Dois anos antes de sua carreira ser catapultada com a encarnação da Princesa Leia, Carrie Fisher atuou ao lado de Warren Beatty na sátira social Shampoo. Como muito de seus papéis fora da franquia de ficção científica, Fisher teve uma pequena aparição, mas que roubou os holofotes para si. Na trama, ela interpreta a filha de um casal muito rico de Beverly Hills, a qual brevemente flerta com o personagem principal.

PÂNICO 3

É meio estranho colocarmos o terceiro filme da franquia Pânico nesta lista, visto que ele é o pior capítulo da saga slasher criada por Wes Craven, marcando o momento em que a série regrediu para o tipo de obra de terror adolescente que criticava nos dois primeiros volumes. Mas Carrie Fisher aqui merece aplausos e um destaque especial, interpretando a dona de um estúdio cinematográfica que traz um semblante assustadoramente semelhante com Princesa Leia. “Ei, você…”, pergunta uma inconveniente Gail Weathers (Courteney Cox) antes da personagem de Fisher interrompê-la com um ríspido “Não”. “Então como posso ajudá-la? Ou você quer que eu te diga como você parece?”, ela continua, exalando a perfeita tonalidade de sarcasmo exigida – um dos pouquíssimos pontos altos de um fracasso fílmico.

CATASTROPHE

Image result for carrie fisher in catastrophe

A co-criadora Sharon Horgan soube desde o começo que desejava Carrie Fisher para interpretar a particularmente desequilibrada mãe do personagem de Rob Delaney, Mia, na série Catastrophe. E foi exatamente o que ela conseguiu: de acordo com a própria atriz, ela sempre quis dar vida a uma pessoa horrível, coisa que “não existe para mulheres com mais de 27 anos”. E parece que Fisher tinha muito a oferecer como artista, visto que esta foi uma de suas últimas colaborações antes de falecer. Em pouco tempo, Mia tornou-se um dos escapes cômicos mais coerentes da série, sem quaisquer indícios de saturação humorística em um ambiente já polvilhado com este estilo.

SEX AND THE CITY

Um dos papéis mais comuns no período pós O Retorno do Jedi foi uma versão romanceada de si mesma em algumas aparições que fez na série de comédia Sex and the City. Ela interrompe um breve caso entre a protagonista Carrie Bradshaw (Sarah Jessica Parker) e o homem que Fisher contrata para tomar conta de sua casa. “Eu disse, nada de prostitutas quando estiver trabalhando” é uma das frases mais memoráveis da atriz.

FRANQUIA STAR WARS

Sem qualquer sombra de dúvida, a Princesa Leia Organa, filha do antagonista Darth Vader e irmã do protagonista Luke Skywalker, tornou-se um dos ícones pops mais reconhecidos da história do entretenimento. Aparecendo pela primeira vez em Uma Nova Esperança, em 1977, Fisher foi escolhida a dedo pelos produtores e pelo criador da franquia sci-fi com apenas 19 anos. À época, a princesa guerreira, com seus penteados exóticos e sua forte personalidade, rompia com os padrões do gênero de outros filmes de fantasia – principalmente da grande companhia de animação Disney. E apesar de não ter muitas oportunidades em Hollywood de estrelar produções mais recentes, Fisher tornou-se mundialmente celebrada por encarnar um dos símbolos femininos mais poderosos de todos os tempos – ganhando inclusive uma participação como a General Organa no capítulo mais recente da saga, O Despertar da Força.

Comente!