É claro que o detetive belga Hercule Poirot é um dos grandes nomes em alta no cenário investigativo, mas ele não é o único personagem que se aventura em resolver mistérios aparentemente indecifráveis da cultura pop. Além de outras criações da própria Agatha Christie, quem não se lembra de, por exemplo, Sherlock Holmes ou dos agentes Mulder e Scully, de Arquivo X?

» Siga o Bastidores no Facebook , Instagram e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema «

Aproveitando o hype do remake de Assassinato no Expresso do Oriente, separamos uma lista com os melhores detetives da literatura e do audiovisual de todos os tempos! Confira nossa escolhas abaixo:

SHERLOCK HOLMES

Criado por Sir Arthur Conan Doyle, é inegável dizer que Sherlock Holmes é um dos, senão o maior nome conhecido do cenário detetivesco de todos os tempos. Dotado de uma incrível inteligência e de um poder de dedução inestimável, o personagem residente da Rua Baker Street, 22 pode não saber exatamente como se relacionar com as pessoas ou como demonstrar suas emoções, mas sua importância para a literatura já rendeu inúmeras adaptações para o mercado audiovisual, incluindo dois longas-metragens protagonizados por Robert Downey Jr. e as séries ElementarySherlock.

HERCULE POIROT

Engraçado, irreverente e sagaz. Esses são os três adjetivos que mais caracterizam Hercule Poirot, o detetive belga criado pela mestra da literatura criminal, Agatha Christie. Além de ser chamado para casos quase impossíveis de serem resolvidos, Poirot trata todas as suas aventuras com a maior calma possível, e também serviu de inspiração para a criação de obras contemporâneas do mesmo gênero. O personagem também é conhecido por seus maneirismos cômicos, incluindo a risada em forma de guincho e o gigantesco e opulente bigode.

MISS MARPLE

Jane Marple, também conhecida como Miss Marple, é uma das senhoras mais fofas do mundo. Mas apesar de sua idade e de sua aparência frágil e inofensiva, ela é uma das investigadoras mais inteligentes de todos os tempos. Também criada por Christie, ela faz parte do panteão de detetives mais adorados pelos fãs de narrativas de mistério e, diferentemente de seus conterrâneos, ela se vale apenas do conhecimento acerca da natureza humana para resolver intricados casos de assassinato e injustiça. E mais: ela adora tricotar no casarão em que reside, no fictício vilarejo de Sr. Mary Mead.

EVE DALLAS

Nora Roberts é uma das escritoras mais versáteis da literatura contemporânea, podendo criar histórias desde o gênero de ficção fantástica até casos horrendos de mistério e suspense. Uma de suas séries mais famosas, intitulada Mortal no Brasil, nos introduz a Eve Dallas, uma detetive de Nova York que, em dez anos trabalhando na Delegacia principal da cidade, está caçando um dos assassinos em série mais perigosos, colocando sua vida em risco e seguindo as pistas a partir de seus próprios instintos. Além de fria e calculista, a personagem tem um passado obscuro que impacta a cada novo romance em seu modo de enxergar o mundo – e cujos traumas envolvem desde incesto até patricídio.

FOX MULDER & DANA SCULLY

Arquivo X é uma daquelas fabulosas séries que consegue unir múltiplos gêneros em um micro-cosmos completamente novo e envolvente. Agregando teorias da conspiração, temas sobrenaturais e mistérios que vão além da mera compreensão humana, o show não seria nada sem seus dois protagonistas,  Fox Mulder e Dana Scully, cujo legado perpetua até hoje. Vividos por David DuchovnyGillian Anderson, os agentes especiais do FBI trazem uma química incrível em cena à medida que resolvem casos paranormais enterrados do conhecimento público, em um perfeito equilíbrio entre ação, comédia, drama e romance.

SANDMAN

Um dos super-heróis mais obscuros do panteão da DC fez seu caminho para se tornar icônico o suficiente para entrar em nossa lista. Muito antes do Sandman de Neil GaimanGardner FoxBert Christman já vinham com um dos primeiros personagens a carregar o famoso nome: a figura, que também atende pelo nome de Wesley Dodds, é caracterizado com uma máscara de gás e uma arma sonífera para sedar os criminosos; suas primeiras aparições datam da década de 1930, dentro do estilo noir próprio dos quadrinhos da época e que o marcariam como uma das criações mais inenarráveis desse panteão narrativo.

L

O antagonista recém-tornado protagonista do mangá Death Note, L Lawliet – também conhecido como L – é um personagem complexo e controverso. Emergindo como um jovem detetive de renome mundial, ele assume o impossível desafio de capturar o serial killer conhecido como Kira. Durante suas investigações, L começa a levantar suspeitas acerca do protagonista Light Yagamie, tentando provar que os dois são, na verdade, um só. O personagem também é conhecido por nunca falhar em seus casos, e por abraçar apenas as investigações que lhe interessam.

HARRY HOLE

Boneco de Neve pode ter sido uma das piores adaptações cinematográficas de 2017, mas isso não quer dizer que o personagem criado pelo autor norueguês Jo Nesbo seja tão linear quanto sua versão cinematográfica. Nos inúmeros romances protagonizados por Harry Hole, percebemos as mais leves nuances e sua constante inexpressividade ao resolver os casos aos quais é designado, tudo entrando em conflito com um passado traumático e uma constante necessidade de reafirmar sua importância dentro da Delegacia de Oslo. Seus trejeitos remontam desde o classicismo de Arthur Conan Doyle até perspectivas originais sobre os reais detetives modernos.

CORMORAN STRIKE

J.K. Rowling é conhecida por criar um dos maiores universos sobrenaturais de todos os tempos com sua série Harry Potter: isso é um fato. Mas a autora inglesa também fez suas investidas no mundo investigativo com os romances protagonizados por Cormoran Strike, publicados sob o pseudônimo de Robert Galbraith. Strike é veterano da guerra do Afeganistão que decide mudar drasticamente sua vida antes de cair no conforto institucionalizado do governo pela perda de sua perna. Logo, ele abre sua própria agência e trilha um caminho de sucesso ao resolver casos bizarros de suicídios e homicídios em diversas cidades da Inglaterra. Sua personalidade franzina e por vezes cômica entra em constante confronto com sua mente genial e ácida.

O que achou de nossas escolhas? Sentiu falta de algum famoso detetive? Deixe seus comentários abaixo!

Comente!