Com a continuação de Blade Runner estreando nos cinemas muitos se perguntam o que é um filme Cyberpunk e se há mais deles por aí. Muitos dos clássicos modernos do cinema de ficção científica estão nesta lista justamente por terem sido influenciados pela obra de Ridley Scott. Produções com temática Cyberpunk são aquelas com foco em tecnologia avançada e de alta qualidade – em muitos casos tecnologias de informação – mesclado com uma sociedade marginalizada em um futuro distópico. 

» Siga o Bastidores no Facebook , Instagram e no Twitter e fique por dentro de todas as notícias! «

10. O Homem Duplo (2006)

Philip K. Dick sob efeito de drogas foi o responsável por escrever o livro que daria origem ao longa O Homem Duplo (mesmo nome do livro). Dirigido por Richard Linklater, ele utilizou a técnica da rotoscopia digital, que nada mais é gravar o filme com atores reais e depois cobrir tudo com animação gráfica. A história se passa em um futuro não tão distante, em que o governo americano declara guerra às drogas. O policial Bob Arctor (Keanu Reeves) recebe a missão de investigar seus colegas e posteriormente mandam que ele investigue a si próprio. É a partir daí que começa tudo a ficar estranho em sua vida.

9. O Teorema Zero (2013)

Christopher Waltz em uma bela performance interpreta Qohen Leth, um homem que é um gênio da computação e é chamado para tentar descobrir o mistério do Teorema Zero, uma fórmula matemática que caso seja solucionada pode levar ao descobrimento do sentido da vida. Terry Gilliam (12 Macacos) criou uma sociedade distópica e impressionante, além de criticar a sociedade de consumo atual. Teorema Zero faz parte de uma trilogia inspirada no autor inglês George Orwell e que começou com o clássico Brazil, O Filme (1985) seguido do longa Os 12 Macacos (1995).

8. Videodrome – A Síndrome do Vídeo (1983)

Definido como o Laranja Mecânica dos anos 1980 por Andy Warhol, a produção é um clássico do diretor David Cronenberg (Um Método Perigoso). Na trama acompanhamos Max Renn (James Woods), dono de uma emissora de tv a cabo que transmite vídeos “snuff”, produções com cenas de pessoas torturadas e mortas de verdade. Acontece que Max descobre que aquilo vai além de um simples show de terror. Estas transmissões passam a criar um efeito alucinógeno em Max que pode ser devastador. Uma bela crítica ao conteúdo transmitido pelas emissoras de tv. O melhor da produção é o tom sombrio empregado e o jeito que a história toda é contada. 

7. Dredd (2012)

Juiz Dredd ou simplesmente Dredd é um personagem criado por Carlos Ezquerra e John Wagner e sua primeira aparição ocorreu na hq 2000 AD de 1977. A produção que entra nesta lista é inspirada justamente nos quadrinhos criados pelos dois e desvincula a imagem criada pelo longa de 1995 com Sylvester Stallone. Uma das principais diferenças entre as duas produções foi o uso constante do capacete no rosto de Karl Urban e o emprego de cenas mais violentas, algo mais fiel ao mostrado nos quadrinhos.

6. Ghost in The Shell (1995)

Popularmente conhecido no Brasil pelo nome ‘O Fantasma do Futuro’, o anime foi um sucesso de crítica e até hoje junto com Akira é lembrado como exemplo de animação cyberpunk. Produção recebeu recentemente uma versão em live-action feita pelos estúdios de Hollywood tendo como protagonista a atriz Scarlett Johansson. Muitos torceram o nariz pela escolha da dela para esse papel simplesmente por não ser asiática. Animação foi dirigida por Mamoru Oshii e se baseou nos mangás para mostrar a história do hacker chamado pelo nome de Mestre dos Fantoches. Em 2008 recebeu uma nova versão intitulada “Ghost In The Shell 2: Innocence”

5. RoboCop: O Policial do Futuro (1987)

Muito antes de Transformers o robô que imperava no cinema era RoboCop. Na realidade ele não é totalmente um robô, já que conta com o cérebro do policial Alex Murphy que foi assassinado. Transformado em máquina vive lutando contra os criminosos da Detroit do futuro. Produção teve 3 sequências e ganhou uma série de tv, recentemente teve um remake dirigido por José Padilha (Tropa de Elite).

4. O Exterminador do Futuro: O Julgamento Final (1991)

O primeiro Exterminador do Futuro (1984) já havia feito muito barulho apresentando Arnold Schwarzenegger no papel do androide enviado pelas máquinas do futuro para matar Sarah Connor. Seria ela a personagem principal do filme e teria um filho que no futuro distópico dominado pelas máquinas levaria a uma rebelião. Nessa continuação Schwarzenegger faz o papel bom moço e protege Sarah Connor, enquanto um outro droide melhor desenvolvido (T-1000) é enviado para matá-la. James Cameron fez um excelente trabalho nessa continuação e diferente de muitas franquias que sempre contam com uma sequência fraca essa consegue se superar, tanto que a sexta parte já está em desenvolvimento e será uma continuação direta desse segundo filme. 

3. Matrix (1999)

Neo é um hacker que acorda um dia em um mundo totalmente diferente do que ele conhecia como real. Aquele mundo fantasioso em que vivia era a Matrix. Local foi criado pelos computadores depois de dominarem o mundo e passarem a escravizar os humanos, assim os usando como forma de energia para manter todas as máquinas em funcionamento. Em Animatrix foi mostrado que a raça humana ao combater as máquinas jogaram bombas atômicas no céu para que a fumaça sumisse com o sol, então a principal fonte de energia das máquinas. Matrix é um clássico recente da ficção-científica moderna e foi diretamente influenciado por Blade Runner

2. Akira (1988)

Clássico japonês de Katsuhiro Ōtomo (Memories) a animação Akira é sempre lembrada quando falamos a respeito de filme cyberpunk. A história se passa na Neo Tóquio no ano de 2019. Kaneda e Tetsuo são dois amigos motoqueiros que vivem disputando rachas pela cidade. Um dia Tetsuo encontra uma criança com super poderes que era usada como cobaia pelo governo. Tetsuo é ferido e levado pelo exército, só que ele acaba desenvolvendo poderes nunca vistos. 

1. Blade Runner, O Caçador de Androides (1982)

Um dos primeiros filmes cyberpunks lançados no cinema e que no futuro iria se tornar um clássico cultuado pela crítica e pelo público. Influenciou muitas outras produções como Matrix e Ghost in The Shell. Inspirado na obra de Do Androids Dream of Electric Sheep ou como foi traduzido por aqui Androides Sonham com Ovelhas Elétricas? O mais impressionante de Blade Runner é o ar futurista empregado no filme e do belo visual estabelecido nele desde a fotografia até a direção de arte. A inspiração para a criação do cenário do filme veio de Metrópolis de Fritz Lang.

Comente!