Depois do furor na internet com o anúncio de que a Warner Bros rebootaria Matrix, um dos grandes clássicos contemporâneos dos últimos anos, finalmente temos alguma reposta oficial por parte dos envolvidos. Eis que Zak Penn, o roteirista encarregado de escrever o argumento, afirmou em seu Twitter que o novo filme de forma alguma será um reboot ou remake, e usou a saga X-Men como comparativo ao descrever seu interesse em novas histórias dentro daquele universo.

» Siga o Bastidores no Facebook , Instagram e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema «

Confira:

“Tudo o que eu posso dizer agora é que ninguém deveria ou poderia REBOOTAR Matrix. As pessoas que conhecem Animatrix e os quadrinhos entendem. Não posso comentar ainda, mas adianto que as palavras ‘reboot’ e ‘remake’ vieramd e um artigo. Vamos parar de reagir a notícias falsas. Se eu fosse ecalar um novo ator para ser Keanu Reeves, eu escalaria o próprio Keanu Reeves. Ou que tal só relançar o primeiro Matrix? Não reboote, você não vai conseguir fazer melhor. Se eu quero ver mais histórias ambientadas no universo da Matrix? Sim. Porque é uma ideia brilhante e que gera grandes histórias. Olhem o que as pessoas estão fazendo com o universo X-Me. Seja com Logan, Legion e Deadpool. Alguém quer que eles parem? Eu não.”

Acho que podemos oficialmente relaxar com a notícia de que não veremos Neo, Trinity e Morpheus com novos atores e situações recicladas. Pois sejamos bem honestos: rebootar Matrix é uma ideia ruim, mas contar histórias variadas em seu universo oferece um leque infinito e saboroso das mais diferentes possibilidades.

É hora de ficarmos empolgados.

Comente!