Um grupo de japoneses foi preso após escanear e divulgar na internet páginas dos capítulos de One Piece antes do lançamento nas bancas. A notícia foi divulgada pelo site NHK News.

» Siga o Bastidores no Facebook , Instagram e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema «

A polícia japonesa deteve Yo Uehara, Shizuka Nagaya e Ryoji Hottai por violarem as leis de direitos autorais do país, divulgando de forma ilegal conteúdos da Shonen Jump, a revista onde One Piece é publicado, antes que ela fosse distribuída oficialmente nas bancas do Japão. 

Sendo o primeiro caso no país, a polícia detalhou que Uehara e Nagaya recebiam as revistas através de lojas especializadas que recebiam antecipadamente as edições, recebendo um pagamento que chegava até 75 milhões de ienes (mais ou menos R$ 2 milhões) pelo ato. Hottai, o terceiro membro do grupo, chegava a receber até 10 milhões de reais.

A editora Shueisha, detentora dos direitos da Shonen Jump e de One Piece, lançou um comunicado expressando indignação pela forma ilegal que um material feito com tanto trabalho estava sendo distribuído. Deixando o apoio para que mais prisões sejam feitas e ficando esperançosa que tais prisões sirvam de aviso caso isso ocorra novamente.

Comente!