No último sábado (30) tiver a oportunidade de comparecer com meu tio à primeira exibição pública de Star Trek: Sem Fronteiras no Brasil, em uma pré-estreia paga organizada pela Paramount aqui em São Paulo (havia também uma no Rio de Janeiro). Os ingressos esgotaram no mesmo dia, afinal é uma exibição que antecede em mais de um mês o lançamento, marcado para 1º de Setembro.

» Siga o Bastidores no Facebook , Instagram e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema «

Ao chegar no Espaço Itaú do Shopping Bourbon Pompéia, me deparo com uma comoção e muitos cosplays. Sou surpreendido com diversas pessoas trajando uniformes da Federação e uma mini exposição de bustos, action figures e uma belíssima réplica em miniatura da Enterprise. Fãs se divertiam postando fotos sob a hashtag #SessãoEspecialStarTrekSemFronteiras.

Na fila para entrada, ganhamos pipoca e refrigerante grátis e a coisa fica ainda mais legal quando duas moças da Paramount entregam para mim e meu tio duas rifas para um sorteio de brindes que seria realizado antes da sessão. Nunca ganho nada dessas coisas, então aceitei com certa indiferença. Seguimos para dentro da monstruosa sala IMAX, devidamente lotada pelos fãs, e logo o pessoal da Paramount toma o microfone para dar as saudações e iniciar o sorteio. Surpreendentemente, todos os itens que estavam expostos do lado de fora seriam alguns dos prêmios, incluindo o busto e action figure de Spock e a réplica da Enterprise.

Sou o ser mais azarado do mundo, do tipo que ficava de mãos vazias até no bingo da festa junina do colégio, então naturalmente não havia ganhado nada e apenas me divertia vendo as reações e comendo minha pipoca. Eis que o próximo item a ser sorteado é nada mais nada menos do que o box com a série clássica remasterizada em DVD, um dos grandes lançamentos da Paramount deste ano, e o número de meu tio acabara por ser o chamado. Grande histeria tomou conta de nós dois, ainda mais por meu tio ser um grande fanático pela série.

dvd

Então, algo inédito: tivemos a exibição do clipe musical “Sledgehammer”, de Rihanna, que fora rodado especialmente com câmeras IMAX e garante um feito visual impressionante para produções do tipo. Sobre a música, é razoável mas nada muito memorável; como meu tio bem apontou, é como se os produtores apostassem em uma abordagem James Bond para a série. Depois, enfim teríamos a exibição de Star Trek: Sem Fronteiras e uma distribuição de belíssimos cartazes para todos na sessão. Podem ler a crítica completa do filme aqui.

Foi um ótimo e divertido evento para os fãs da franquia, com a Paramount sendo atenciosa ao distribuir alimento, pôsteres e o sorteio de brindes que definitivamente animou ainda mais a sessão. Parabéns à distribuidora pelo divertidíssimo elenco e a oportunidade, e vida longa e próspera à Star Trek!

Comente!