Star Wars: Os Últimos Jedi chegou e já nos deixou com dezenas de referências, traçando paralelos com praticamente todos os filmes da franquia, desde Uma Nova Esperança, até Rogue One. Das mais sutis, até sequências praticamente iguais, Rian Johnson criou uma obra que claramente se apoia no que veio antes, ainda que tome algumas decisões ousadas.

» Siga o Bastidores no Facebook , Instagram e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema «

Esse artigo busca elencar todas as referências e easter-eggs que encontramos, explicando cada um deles, oferecendo informações relevantes, que levam em conta todo o cânone da saga. Evidente que o texto está repleto de spoilers. Caso tenhamos deixado algo de fora, basta comentar abaixo, que iremos complementar a lista!

Dito isso, vamos para uma galáxia muito, muito distante….

***

referências star wars os últimos jedi

Golpe baixo

Um dos maiores fan services do filme é a aparição do holograma de Leia pedindo ajuda à Obi-Wan, que R2-D2 exibe para convencer Luke de treinar Rey em Ahch-To. O holograma não aparecia desde Uma Nova Esperança.

referências star wars os últimos jedi

Leia atirando

Perto do fim do filme, quando Leia sai de seu coma e atira em Poe, ela veste uma roupa branca e sua arma está definida para nocautear, clara referência à primeira vez que vemos a princesa no Episódio IV, vestindo seu icônico traje branco, atirando em um stormtrooper.

referências star wars os últimos jedi

Se você me acertar…

Mais uma clara referência a Uma Nova Esperança! Na luta entre Kylo Ren e Luke, o mestre Jedi diz que ele irá se tornar mais forte se Kylo o acertar com ira, dialogando diretamente com o que Obi-Wan disse a Vader durante seu duelo na Estrela da Morte.

referências star wars os últimos jedi

A jornada do Jedi

Essa daqui é bastante óbvia e qualquer um que tenha assistido O Império Contra-Ataca há de perceber. A jornada de Rey em Os Últimos Jedi é essencialmente a mesma de Luke no Episódio V. Ambos os protagonistas de suas respectivas obras vão para um planeta isolado, encontram um mestre solitário indisposto a treiná-los, acabam convencendo-os de mudar de ideia e, no fim, precisam ir embora antes de concluírem o treinamento.

referências star wars os últimos jedi

A caverna

Continuando a jornada de Rey na ilha, assim como Luke em Dagobah, ela encontra uma caverna forte com o Lado Negro da Força. Da mesma forma que Skywalker, ela se depara com um reflexo de si própria.

referências star wars os últimos jedi

Trajes Jedi

Essa também é bastante óbvia – as roupas de Luke são muito similares aos trajes vestidos pelos Jedi na trilogia prelúdio, ou por Obi-Wan no Episódio IV, refletindo que, de fato, ele é um Mestre Jedi.

referências star wars os últimos jedi

X-Wing

Mais um paralelismo com Dagobah! A X-Wing debaixo d’água em Ahch-To evidentemente remete à mesma nave presa no pântano em Dagobah.

referências star wars os últimos jedi

A árvore

A árvore de Ahch-To pode ser a mesma que Luke salva em Império Despedaçado, quadrinhos canônicos lançados pela Marvel Comics, que se passa após os eventos de O Retorno de Jedi. Aliás, o formato da árvore remete ao símbolo da Ordem Jedi.

referências star wars os últimos jedi

Leite azul

Em uma breve sequência vemos Luke tirar leite azul de uma criatura em Ahch-To – clara referência ao icônico leite azul extraído dos banthas, que já apareceu em inúmeros filmes da saga, introduzido logo em Uma Nova Esperança.

referências star wars os últimos jedi

Enforcamento à distância

Logo no início do filme vemos o Supremo Líder Snoke enforcando o general Hux durante uma transmissão holográfica. O mesmo é feito por Darth Vader em O Império Contra-Ataca – a diferença é que Vader, de fato, mata o sujeito enforcado (almirante Ozzel), enquanto Snoke permite que Hux viva.

referências star wars os últimos jedi

Raddus

O cruzador de Leia, aquele cuja ponte de comando é destruída, chama-se Raddus, homenageando o Mon Calamari que ajudou a roubar os planos da Estrela da Morte em Rogue One.

referências star wars os últimos jedi

Mal pressentimento

Pela primeira vez na franquia não ouvimos um personagem dizer “eu tenho um mal pressentimento sobre isso”, frase que, até então, esteve presente em todos os longas de Star Wars, inclusive em Rogue One. Mas só porque não ouvimos não quer dizer que não esteja presente no filme. De acordo com Rian Johnson, BB-8 fala a icônica frase durante a sequência inicial, enquanto ele e Poe estão realizando o plano para distrair a Primeira Ordem.

referências star wars os últimos jedi

O velho Yoda

A aparição de Yoda foi uma grande surpresa para todos. A fim de tornar o personagem mais próximo do que vimos em O Império Contra-Ataca e n’O Retorno de Jedi, seu visual remete ao boneco construído por Frank Oz.

referências star wars os últimos jedi

DJ

Em dado momento, DJ diz a Finn e Rose para não tomarem partido nesse conflito entre a Primeira Ordem e a Resistência, em inglês ele basicamente diz “don’t join”, justificando seu apelido DJ. Aliás, sua traição é idêntica à de Lando no Episódio V.

referências star wars os últimos jedi

Espada Laser

Em Ahch-To Luke, em certo diálogo, se refere ao sabre de luz como espada laser (laser sword) – isso é uma referência direta ao roteiro original de George Lucas de Guerra nas Estrelas, no qual os sabres de luz tinham esse nome!

referências star wars os últimos jedi

Textos sagrados

Antes de destruir a árvore em Ahch-To, Yoda não perde a oportunidade de tirar uma com a cara de Luke. Ele diz especificamente que ali dentro não há nada que Rey já não tenha. Mais tarde descobrimos que Rey tirou os livros da árvore e levou consigo na Millenium Falcon (eles aparecem dentro da nave), ou seja, Yoda estava sendo bastante literal!

referências star wars os últimos jedi

Darth Sidious

Durante uma de suas lições a Rey, Luke cita diretamente Darth Sidious, o nome Sith de Sheev Palpatine. Essa é a primeira vez, fora da trilogia prelúdio, que ouvimos esse nome ser mencionado.

referências star wars os últimos jedi

Forma espiritual

Durante o duelo entre Luke e Kylo, o mestre Jedi não deixa pegadas na areia, enquanto Ren deixa, já dando indícios de que ele não está ali de verdade. Além disso, o Skywalker está com seu cabelo mais parecido ao que vimos na trilogia original e com seu sabre de luz azul (que foi destruído na sequência entre Kylo e Rey), revelando que essa é uma versão idealizada de si próprio.

referências star wars os últimos jedi

It’s a trap!

O icônico almirante Ackbar (It’s a trap!) tem sua despedida nessa filme. O personagem morre no bombardeio da ponte de comando, que quase leva Leia junto. Sua morte foi inserida no filme em razão da morte do dublador do personagem, Erik Bauersfeld.

Rastreamento pelo Hiperespaço

Apesar da tecnologia ser inédita no novo cânone de Star Wars, já vimos situações similares nas quais uma nave é rastreada mesmo após pular para o hiperespaço. Em O Império Contra-Ataca, Vader fala para calcular todas as possíveis rotas a fim de descobrir para onde os rebeldes foram, mesmo depois de entrar na velocidade da luz. Já no livro Tarkin, Vader descobre o trajeto de uma nave que escapou dele e de Tarkin através da Força.

Além disso, em Rogue One, uma das tecnologias pelas quais Jyn e Cassian passam em Scarif é justamente o rastreamento pelo hiperespaço!

Mão de Luke

Quando Rey entrega o sabre de luz a Luke podemos ver, na lateral de sua mão robótica, uma marca, que foi feita em O Retorno de Jedi, quando o personagem leva um tiro na mão enquanto levanta seu sabre de luz em cima do sail barge de Jabba.

Cavaleiros de Ren

Quando Luke conta a historia do templo Jedi e como Kylo Ren foi para o Lado Negro, ele revela que Ben Solo não fugiu sozinho, levando consigo alguns aprendizes de Luke. Serão esses os cavaleiros de Ren, que vimos durante a visão de Rey em O Despertar da Força?

Carrie Fisher

Nos créditos finais podemos ver a mensagem “In Loving memory of our Princess, Carrie Fisher”, homenagem à atriz, que faleceu no fim do ano passado.

Tantive IV

Toda a perseguição da Resistência pela frota de Snoke reflete a perseguição da Tantive IV em Uma Nova Esperança. Isso pode explicar por que somente a nave de Snoke atira contra a da Resistência, sendo que claramente poderiam enviar bombardeiros.

Dados de Han Solo

O objeto que Luke entrega a Leia no fim do filme são os dados da sorte de Han Solo, que somente apareceram uma vez, brevemente, em Uma Nova Esperança.

Pôr do sol

Durante a sequência da morte de Luke, podemos ver o pôr do sol duplo, nos levando de volta à icônica cena do Episódio IV, que marca o início da aventura de Skywalker. Uma bela despedida para o mestre Jedi.

Uma Nova Esperança

Similarmente, a última sequência da obra nos mostra um menino, sensitivo à Força (ele atraiu uma vassoura com a Força), olhando para as estrelas esperançosamente, evidentemente dialogando com Luke olhando para o por do sol duplo em Tattooine.

Batalha de Crait

A batalha de Crait evidentemente é inspirada na batalha de Hoth, tanto pela presença dos AT-ATs atacando uma base em cenário predominantemente branco (seja pela neve ou pelo sal), quanto pelos próprios enquadramentos utilizados pelos diretores – Rian Johnson recria muitos dos planos de O Império Contra-Ataca. Até mesmo o portão da base da Resistência é bastante similar ao visto em Hoth.

T-Rex

A sequência de fuga em Canto Bight traz uma breve referência a Jurassic Park. Quando Finn e Rose estão montados nos Fathiers e fugindo pelo cassino, podemos ver um plano da água em um copo tremendo, similar ao que acontece no filme de Stephen Spielberg, quando um T-Rex está perto.

Sala do trono

A sala do trono de Snoke claramente remete à do Imperador em O Retorno de Jedi. A diferença é que o esquema de cores é totalmente diferente, em uma temos tons vermelhos vibrantes e na outra a predominância de tons escuros.

Algemas

Quando Rey vai até Snoke, ele retira suas algemas com a Força, igual ao que Palpatine faz com Luke, no Episódio VI.

Ainda há bondade em você

Rey diz a Kylo Ren que ainda há bondade dentro dele, da mesma forma que Luke disse para Vader em O Retorno de Jedi.

Guarda Pretoriana

A guarda pretoriana de Snoke é muito similar aos guardas imperiais de Palpatine, que vemos no Episódio VI.

Dizimando os inimigos

Durante a interação entre Snoke, Rey e Kylo Ren, o Supremo Líder mostra a frota da Resistência sendo dizimada pela Primeira Ordem, igual o que o Imperador faz para Luke.

Porta sabre de luz

Snoke coloca o sabre de luz de Rey no braço do trono, o Imperador faz o mesmo com o sabre de Luke. Ambos os heróis tentam pegar a arma com a Força.

Traição

Essa é bastante óbvia – Kylo Ren mata seu mestre assim como Vader o fez. Isso claro reflete uma postura comum para os Sith – o aprendiz quase sempre mata ou tenta matar seu mestre.

A rachadura

A batalha entre Rey e Kylo encerra com o sabre de luz azul rachando ao meio, criando um paralelo claro com O Despertar da Força, no qual o duelo entre os dois é interrompido pela rachadura no chão.

Nada de hiperespaço

O fato da frota da Resistência não poder pular para o hiperespaço cria um diálogo direto com O Império Contra-Ataca, no qual a Millenium Falcon também não podia ir para a velocidade da luz, por conta do hiperdrive danificado. Motivos diferentes, mas com o mesmo resultado.

Gareth Edwards

Durante a batalha de Crait, Gareth Edwards, diretor de Rogue One, faz uma breve aparição. Ele está ao lado do soldado que diz que o chão é coberto de sal.

Mais participações especiais

Edgar Wright e Joe Cornish também aparecem brevemente durante o filme, mas seus cameos não foram revelados.

Gary

Durante a sequência do cassino em Canto Bight podemos ver um alien baseado no cachorro de Carrie Fisher, Gary. Ele está sobre uma mesa do cassino.

Comente!