Os irmãos Winchester podem até lutar contra forças das trevas em Supernatural, mas parece que há uma luta muito mais iminente e real ocorrendo entre o criador da série Eric Kripke e os estúdios Warner Bros.

» Siga o Bastidores no Facebook , Instagram e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema «

De acordo com o site The Hollywood Reporter, a companhia está em uma arbitrariedade com Kripke devido à produção original da The CWum dos shows mais duradouros da televisão contemporânea. A série, que entrou em sua décima terceira temporada neste ano, ainda mantém um ritmo de sucesso, mas uma declaração da Warner sobre os lucros de 2013 indica que Supernatural arrecadou 570 milhões de dólares nos primeiros oito anos. Os estúdios também declararam que, após as despesas e outros pagamentos, o show teve déficit de 23 milhões, o que indica que nenhum dinheiro foi entregue para aqueles envolvidos com o show e que tinham uma participação a mais nos lucros.

É justamente essa contagem que Kripke está levando para a justiça. De acordo com suas acusações, a Warner deveria trazer uma quantidade significativa de dinheiro através de patrocínio externo – ou seja, que o dinheiro deveria sim estar lá para divisão de lucros entre os participantes.

“O show é um dos maiores sucessos da The CW”, a declaração diz. “É costumeiro na indústria televisão para os estúdios obterem patrocínios e licenças através de outras emissoras e que, nesse caso, se equivaleram ou ultrapassaram os custos de produção. […] Se a Warner recebesse apenas o custeio da The CW entre as temporadas cinco e oito, os recibos e os créditos aumentariam em mais de 100 milhões de dólares”.

Supernatural não é a única produção atual a enfrentar uma disputa nos tribunais da indústria do entretenimento. Recentemente, George Miller processou os estúdios Warner por Mad Max: Estrada da Fúria por questões financeiras e perda de lucros, visto que a companhia forçou o orçamento a ultrapassar em 150 milhões de dólares o previsto para ganhar um bônus na quantia final.

 

Comente!