nota-4

» Siga o Bastidores no Facebook , Instagram e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema «

Querer um computador para jogos requer um bom tempo de pesquisa e um investimento financeiro médio para ter desempenho e rendimento nos jogos mais atuais do momento. Uma das partes mais importantes e caras do processo é  conseguir uma placa de vídeo boa e durável que consiga interagir com sua máquina atua. Sabendo disso a AMD lançou, em agosto, uma placa que conseguiria ser perfeita para todo tipo de PC Gamer no mercado, estamos falando da Radeon RX 470

A placa Radeon RX 470 usa o chipset Polaris 10 com 32 unidades computacionais que significa melhor conteúdo gráfico e rendimento em sua performance usando 6 pinos de energia, quedas de FPS ou algum tipo de gargalo em sua jogatina será bem difícil graças a suas configurações e aos 4GB GDDR5. Seu design é bem simples, existindo 2 ventoinhas de fácil retiro para serem limpadas ou trocadas. A placa é bem comprida medindo em torno de 20 a 25 centímetros, mas nada que seja uma tremenda dor de cabeça já que os gabinetes feitos para maquinas de jogos conseguem ter o espaço adequado para a placa.

O Clock base da Radeon RX 470 é bem forte e interessante de mencionar, diferente das gerações anteriores a Radeon consegue chegar de 900 a 1200 Megahertz mesmo tendo unidades computacionais mais baixas que seu “irmão mais novo” a RX 480. Isso faz com que a placa tenha seu potencial elevado ao máximo e trabalhe com 100% de sua performance, porem com o uso da ”Metade” do chipset Polaris 10 a placa não se torna uma das mais poderosas em relação a RX 480.

xfxfront34

As diferenças da Radeon RX 470 com a 480 são poucas, porém nitidamente claras. A nova geração da Radeon contém mais unidades computacionais fazendo uma melhor performance e melhor desempenho em jogatinas mais intensas e pesadas, porem em questão de custo a RX 470 sai por um bom preço no mercado tendo uma diferença de 300 a 400 reais entre a RX 470 e 480.

Vale ressaltar que o desempenho dessa placa é quase de igual para o desempenho da Nvidia GTX 960 e 970 e no mercado a Radeon RX 470 sai com um preço igual ou menor do que a placa de sua concorrente Nvidia.

Porém, todo cuidado é pouco. Essa placa não foi desenvolvida para jogar jogos na opção ultra, e sim para jogos na opção alta e FullHD. Testando a placa, são bem nítidas as quedas de FPS e gargalos de diversos jogos como, Rise of Tomb Raider, Shadow of Mordor, Darksouls 3 e o mais novo jogo da série Doom. Porém, como visto no benchmark, mesmo sem atingir os ideias 60 fps, a placa consegue manter uma média razoável de quadros por segundo no ultra. Vai depender do usuário até que ponto ele estará disposto ceder performance em favor de texturas e efeitos de pós processamento mais aperfeiçoados.

Para aquele que está em busca de configurações Ultra e em Full HD a Radeon peca, porem para aqueles que estão satisfeitos com o preset gráfico no alto e em resolução Full HD ou até mesmo em QuadHD, a placa faz um excelente trabalho chegando e mantendo na taxa dos 60 FPS tranquilamente.

As especificações da AMD RX 470

As especificações da AMD RX 470

Uma ótima vantagem da Radeon RX 470 é seu pouco gasto de energia e sua maior estabilidade, a placa usa apenas 6 pinos para serem conectadas e com uma fonte de energia de 500W já consegue dar conta de sustentar e alimentá-la. O barulho que a placa faz é bem alto e chega a uma temperatura média de 70 graus não passando disso o que é comum para chips gráficos dessas gerações, logo não tenha medo dos barulhos altos que a placa fará pois é totalmente normal – são as ventoinhas trabalhando para não derreter os componentes internos.

Benchmarks

doom-47o

ds-3-47o

shadow-mordor-47o

tomb-raider-47

Veredito

A Radeon RX 470 é uma placa ideal para aqueles que querem fazer um upgrade de relevância – em questão de uma ou duas gerações, em seus computadores ou que querem adquirir um novo. Seu baixo custo de energia e sua alta performance agrada muito os usuários que desejam usufruir da placa ao máximo, mesmo os jogos mais atuais em configuração “alta” em FullHD – 1920 x 1080, conseguem ser rodadas sem nenhum tipo de travamento com a taxa de 60 Fps para cima.

O grande problema dela é tentar rodar jogos no ultra, o que faz a placa ter um rendimento fraco e obtendo muitos travamentos por causa do uso da “metade” do chipset Polaris 10. O barulho alto da placa pode deixar o usuário um pouco assustado porem suas duas ventoinhas e a estabilidade de graus faz com que a placa esteja trabalhando tranquilamente.

O preço é bem acessível vencendo a concorrente Nvidia, para aqueles que não estão tão acostumados com a AMD pode apostar na sua Radeon RX 470 que ela cuidará por anos de sua jogatina. E antes que perguntem: sim, roda LoL e CS.

Pontos Positivos: bom design, fácil limpeza, bom custo-benefício, uma das melhores opções do mercado para jogatina em Full HD em presets altos.

Pontos Negativos: não recomendada em preset ultra, ventoinhas barulhentas, metade do potencial do chipset.

Agradecemos especialmente à AMD Brasil pelo envio da amostra da placa para a avaliação. 

Comente!