A gerência da Telltale não foi somente caótica em termos financeiros e de desenvolvimento. Agora, foi revelado que os 200 funcionários demitidos, foram largados à própria sorte, sem direito a aviso prévio de 60 dias como demanda a lei americana.

» Siga o Bastidores no Facebook , Instagram e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema «

O processo demanda que a Telltale pague todos os funcionários os salários devidos nesse período que não foi garantido a eles pela empresa. É bem provável que diversos outros funcionário entrem na ação conjunta. 

Segundo o Kotaku, as demissões ocorreram enquanto os desenvolvedores trabalhavam madrugada adentro, fazendo horas extras para finalizar os projetos nos prazos insanos estabelecidos. Nenhuma indenização também foi feita para o mês trabalhado. 

É uma situação desesperadora para os ex-funcionários e também para os proprietários do estúdio que não conseguiram lucrar com um único game, além da primeira temporada de The Walking Dead.

Comente!