Apesar do sucesso mediano de Thor e a grande surpresa da terceira iteração, Thor: Ragnarok, a segunda parte da franquia, O Mundo Sombrio, tornou-se um fracasso dentro do panteão Marvel – e não foi só por causa do filme em si.

» Siga o Bastidores no Facebook , Instagram e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema «

Em entrevista a BBC Radio 2, o ator Christopher Eccleston, que já participou de Doctor Who, revelou que os estúdios por trás dos longas em questão mentiram para ele sobre o papel que interpretaria no filme. Aparentemente, seu personagem Malekith, o antagonista da história, precisaria de uma quantidade excessiva de maquiagem que não estava discriminada durante o fechamento do acordo.

“A Marvel foi desonesta comigo”, Eccleston revelou. “Porque eles nunca, nunca me deixaram saber que teria toda aquela quantidade de maquiagem”. O ator também explicou que gastava uma quantidade absurda de tempo sentado na cadeira para aplicação da máscara. “Nos dois primeiros dias foram sete, oito horas”, ele explicou. “Acho que conseguimos reduzir para seis e meia. É praticamente um dia antes de gravarmos qualquer coisa”.

O apresentador Graham Norton também trouxe essa questão à tona em uma entrevista à época de lançamento do filme. Eccleston então declarou que o que o mantinha sentado e quieto era o cheque. “Dinheiro”, ele confirmou. “Era exatamente isso.

Durante o programa, o ator também admitiu que Thor: O Mundo Sombrio não foi exatamente seu “melhor momento”.

 

 

Comente!