Quando Tilda Swinton trabalha com um diretor que gosta, há uma grande chance que ela acabe fazendo outro filme com ele quando a oportunidade surgir. Um dos cineastas desta lista é Jim Jarmusch, com o qual já colaborou em diversos projetos, incluindo Flores Partidas, Amantes EternosOs Limites do Controle. Agora, os dois irão embarcar em um novo longa-metragem.

» Siga o Bastidores no Facebook , Instagram e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema «

Passando por Paris para o Festival Lumière, a atriz discutiu sobre seu relacionamento com inúmeros diretores, e revelou, durante o processo, que um quarto longa com Jarmusch que já estava em pré-produção.

“Essas longas conversas com alguns diretores, que continuam por tempos e tempos – nós falamos, nós fazemos um filme, continuamos falando, fazemos outro filme, e assim vai – é muito recompensador…”, ela declarou ao AlloCine. “Os filmes são como as folhas de uma árvore e a conversação é o tronco. Não há nada melhor que trabalhar com seus amigos! Tive uma grande sorte ao conhecer Derek [Jarman], por milhões de razões, e especialmente o fato de que ele me treinou em sua família aventureira. Nós trabalhamos juntos por nove anos, fizemos sete filmes e, quando ele morreu, eu pensei: ‘bom, vai ser impossível para mim encontrar outra pessoa assim’. Claro, era uma relação única, como todas as outras, mas desde então trabalhei com Luca Guadagnino por quase vinte anos, irei gravar meu quarto com Jim Jarmusch; ainda trabalho com Bong Joon-Ho, Lynne Ramsay, Lynn Hershman, os irmãos Coen. Ter essa sorte gigantesca para começar assim, é muito incrível descobrir que outras pessoas querem trabalhar com você desse modo”.

Ainda não há nenhum comentário sobre seu projeto atual. Jarmusch dirigiu dois filmes ano passado, Paterson e o documentário Gimme Danger. Enquanto isso, Swinton recentemente participou de Okja, filme de Joon-Ho.

Comente!