em , ,

AmeiAmei

5 Games para Não Morrer de Tédio na Quarentena

A pandemia do coronavírus nos obriga a permanecer em casa, mantendo o distanciamento social e, para nós gamers, já vem aquela dúvida em mente: o que jogar? Nada temam! Preparamos uma lista de games bem imersivos para esse período tenso de nossa geração. Afinal, nada melhor para esquecer (brevemente) dos problemas externos do que histórias sobre problemas muito maiores.

Dito isso, vamos lá!

The Division (1 e 2)

A relativamente nova IP da Ubisoft, The Division, certamente traz muitas similaridades com nossa situação atual. Aliás, no game podemos ver vários cartazes com recomendações como não encostar no rosto, que imediatamente nos remetem ao que estamos passando atualmente.

O segundo game, lançado neste ano, não se saiu tão bem quanto o esperado pela Ubisoft, mas ainda é um bom jogo, que garante algumas boas horas de diversão, especialmente para quem gosta de jogos online.

The Last of Us

Obviamente The Last of Us não poderia faltar aqui. A joia rara da Naughty Dog ainda é um dos melhores games já lançados, por mais que alguns outros survival horrors tenham superado as mecânicas deste (afinal, estamos falando de um jogo de 2013).

Para quem vive em uma caverna desde o início da década passada, The Last of Us traz justamente uma infecção, mas por esporos e não vírus, que dizima quase toda a humanidade, destruindo a civilização como a conhecemos, dando início a um mundo infestado por seres infestados por fungos (basicamente zumbis).

Por sinal, quem gostar de ler, recomendo A Estrada, de Cormac McCarthy, que serviu como principal fonte de inspiração do game – aliás, o romance foi adaptado para os cinemas, em um filme de mesmo nome, estrelado por Viggo Mortensen, vulgo, Aragorn.

Resident Evil 2

O remake de Resident Evil 2 é uma verdadeira preciosidade. Ainda que seja um jogo curto – bem curto – ele conta com taxa de replay o suficiente para ocupar algumas boas tardes e noites (para os corajosos) de nossas quarentenas.

Por sinal, durante boa parte do game permanecemos presos dentro da delegacia, o que ilustra bem a situação nossa e da maior parte do mundo que é sensata o suficiente para ajudar a não propagar a doença.

Resident Evil 2 Remake é uma das obras que certamente entregam o melhor do survival horror, trazendo suspense e terror em boas doses, sem prejudicar a jogabilidade. Isso sem falar nos belíssimos gráficos da RE Engine, que continua a surpreender a cada novo título lançado.

Death Stranding

Fale o que quiser de Hideo Kojima e suas ambições, mas Death Stranding basicamente descreve a nossa situação atual. Estamos falando de um jogo sobre isolamento social, um mundo fragmentado, que foi destruído por criaturas invisíveis, no qual a única esperança são entregadores, que garantem suprimentos, medicamentos e mais para as cidades e pessoas isoladas.

Claro, não chegamos nesse ponto de calamidade ainda, mas a sensação de solidão ao percorrer as estradas, montanhas e áreas infestadas de BTs em Death Stranding resume bem como nos sentimos e nos sentiremos nas ruas gradualmente esvaziadas de nosso próprio mundo.

Para quem ainda não teve a oportunidade de jogar a obra de Kojima, recomendo fortemente. Trata-se de um título único, com conceitos e mecânicas que certamente veremos em muitos outros títulos futuramente.

Animal Crossing: New Horizons

Esperava ver um game com cenário pós apocalíptico não é? Mas não, dessa vez vamos para um exclusivo da Nintendo, que garante horas e mais horas de diversão.

Animal Crossing é aquele jogo praticamente indescritível. Ele não conta com um objetivos bem definidos e perfeitamente resume a sensação de liberdade. Trata-se de uma obra que pode ser apreciada em poucas doses diárias – 15, 20 minutos por dia – ou com jogatinas mais longas. Há muito a se fazer: pescar, capturar insetos, decorar casas, modificar o próprio terreno, criar designs de quadros, camisetas, e muito mais.

O novo título, lançado neste dia 20 de março para o Nintendo Switch é o game perfeito para nos fazer esquecer da pandemia do Coronavírus e com uma dose alta de fofura a cada detalhe, não há como não se apaixonar por essa obra única.

O que você achou desta publicação?

Avatar

Publicado por Guilherme Coral

Refugiado de uma galáxia muito muito distante, caí neste planeta do setor 2814 por engano. Fui levado, graças à paixão por filmes ao ramo do Cinema e Audiovisual, onde atualmente me aventuro. Mas minha louca obsessão pelo entretenimento desta Terra não se limita à tela grande - literatura, séries, games são todos partes imprescindíveis do itinerário dessa longa viagem.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Loading…

0

Comente!

The Mandalorian | Rosario Dawson irá interpretar Ahsoka Tano na próxima temporada

Indira Varm, de Game of Thrones, é diagnosticada com coronavírus