O final de A Origem consegue dividir os espectadores até hoje. 

» Siga o Bastidores no Facebook , Instagram e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema «

Até mesmo aqui no site, fizemos um trabalho para tentar conseguir explicar o final que você pode conferir clicando aqui. Mas parece que os dias de dúvida acabaram. 

Segundo Michael Caine, ator do filme e longo parceiro de Christopher Nolan, é preciso perceber apenas um mero detalhe:

Quando eu recebi o roteiro de A Origem, eu estava um pouco confuso e então disse para ele: ‘Eu não entendo onde é sonho. Quando é sonho e quando é realidade?’ Ele respondeu: ‘Bem, se você está na cena, é realidade.’ Então é isso: se estou nela, é realidade. Se não estou, é sonho.

Como sabemos, o personagem está presente no segmento final da obra, quando Cobb gira seu totem para compreender se está na realidade ou não.

Comente!