em ,

Al Pacino diz estar viciado em fazer filmes ruins

Al Pacino é um dos grandes atores de sua geração, mas nem por isso fica livre dos papéis ruins.

Em entrevista concedida à revista GQ, Al Pacino revetou que ultimamente tem tido um gosto não tão bom para a escolha de seus últimos papéis.

“Acredito que estou começando a ficar um pouco perverso. Eu comecei a fazer filmes que não são realmente muito bons e tento fazer com que eles fiquem melhores. E isso se tornou meu desafio”, comentou brincando o ator.

Al Pacino ainda contou que fazer filmes ruins acabou se tornando um tipo de vício.

“Às vezes, eles te oferecem dinheiro para fazer algo que não é adequado. E você se convence disso. E em algum lugar dentro de você, você sabe que isso vai ser um limão. Você gasta muito tempo e está fazendo todas essas coisas e diz, ‘se eu pudesse fazer isso ser (pelo menos) um filme medíocre’ e você fica empolgado com isso. É impulso que eu preciso colocar de lado agora”, revelou.

Al Pacino foi indicado ao Oscar de Melhor Ator oito vezes, vencendo em 1993 por seu papel em Perfume de Mulher.

O novo filme em que Al Pacino é personagem, O Irlandês, estreia em 27 de novembro na Netflix.

O que você achou desta publicação?

Redação Bastidores

Publicado por Redação Bastidores

Perfil oficial da redação do site.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Loading…

0

Comente!

Joaquin Phoenix tinha receio de trabalhar em filmes adaptados de HQs, antes de Coringa

Galvão Bueno sofre quadro de infarto mas está “consciente e bem disposto