A residente norte-americana, Cara Anaya, de 30 anos, que vive no estado do Arizona, sofre de uma condição incurável e rara que há faz ter orgasmos espontâneos durante o dia.

Cara foi diagnosticado faz três anos. E até hoje, seja buscando o seu filho Merrick, de 10 anos na escola e até no playground, é um pesadelo completo por ela ter que sofre desta infeliz condição rara.

O nome dado a doença é Transtorno de Excitação Genital Persistente, e em um dia ruim, Cara pode ter mais de 90 orgasmos em apenas uma hora.

Como não existe cura, a mulher tem que suportar pelo menos 6 horas de excitação sexual por dia

Ela afirma em todas as entrevistas que os médicos não conseguiram ajudá-la e isso está arruinando sua vida.