Anunciados pelo preço padrão exorbitante que acompanham o lançamento de novos iPhones, os modelos XR, XS e XS Max não conquistaram o público da forma que a Apple esperava. Pela baixa procura e venda dos produtos, a marca será obrigada a diminuir a produção em massa dos modelos.

» Siga o Bastidores no Facebook , Instagram e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema «

O corte atingirá 70 milhões de unidades previstas para fabricação até fevereiro de 2019. Com isso, as ações da Apple quase caíram 4% na bolsa de vaalores. 

Os novos celulares chegaram por preços absurdamente caros. O modelo mais simples custa 5.200 reais enquanto o mais caro chega a custar dez mil reais. Praticamente o valor de um carro popular usado.

Entretanto, esse fato não pega a Apple e seus parceiros de produção de surpresa, que já apostavam em uma queda na procura dos aparelhos desde setembro, quando o produto foi lançado. 

Comente!