em , ,

Arqueólogo e escultor mostram como era o rosto de alguns ancestrais de forma inédita

Como todos já devem saber, o conjunto de arqueólogos, historiadores, antropólogos, especialistas em anatomia e um bom artista, fazem com que uma ilustração de uma pessoa que morreu a mais de 45.000 anos seja feita a partir apenas dos ossos deixados pelo falecido.

 Porém, o escultor e arqueólogo sueco Oscar D. Nilsson vem ganhando destaque nessa pratica.

Com a ajuda da ciência e da tecnologia, Oscar faz reconstruções incrivelmente realistas de rostos de pessoas mortas a muitos anos atrás.

Ele começa com a digitalização e posterior Renderização de um crânio, que então pode ser impresso em 3D criando uma réplica em plástico do original.

A partir daí ele junta os dados relacionados ao gênero, a idade que tinha na época e possíveis dados anatômicos, assim como a etnia, determinados com base em dados históricos.

Após tudo isso, Oscar esculpe manualmente os rostos, músculo por músculo, usando argila de plasticina. Finalizada a escultura, é criado um molde negativo da face em silício que permitirá fazer quantas réplicas forem necessárias.

Oscar D. Nilsson espera que suas reconstruções tornem a história e as visitas aos museus um programa mais pessoal e cheio de humanos reais aos quais o público possa se conectar emocionalmente.

Confira alguns de seus impressionantes trabalhos abaixo:

O que você achou desta publicação?

Avatar

Publicado por Ayrton Magalhães

"Todas essas lembranças se apagarão com o tempo, como lágrimas na chuva"

Citação de um dos meus filmes favoritos de todos os tempos, Blade Runner - O Caçador de Androides.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Loading…

0

Comente!

A Órfã? | “Ela tentou nos matar”: Mãe alega que criança adotada de 9 anos tinha, na verdade, 22

O Irlandês | Imagens mostram Robert De Niro mais jovem com uso do CGI