Com 23 temporadas, a série dos Power Rangers é a saga mais famosa dos tokusatsus do gênero super sentai nos EUA. Difícil apontar a melhor de todas, ainda mais em um vasto universo como os dos Rangers. Resolvemos criar uma lista com as 5 melhores temporadas desde sua estreia no Brasil em 1994. O melhor de tudo é que todas as temporadas dos Power Rangers estão disponíveis na Netflix. Não há motivos para não assistir aos clássicos tokusatsus americanos.

» Siga o Bastidores no Facebook , Instagram e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema «

5. Power Rangers: Megaforce (2013)

Essa foi uma temporada que se iniciou em Megaforce e terminou na seguinte com o nome de Super Megaforcer. Não é a primeira a ser dividida entre duas temporadas, a saga dos Power Rangers samurais já havia feito isso de forma decepcionante. Ignorem Super Megaforcer que é uma temporada horrível, Megaforce (a anterior) é muito melhor. Isso de quebrar a série em duas temporadas talvez confunda um pouco o público. Megaforce é a adaptação da série japonesa Tensou Sentai Goseiger e faz parte da comemoração do aniversário dos super sentais. A toei, empresa criadora dos maiores sucessos tokusatsus japoneses havia feito Goseiger para comemorar os 35 anos da criação dos sentais. Nessa versão japonesa, sentais de outras temporadas apareciam e faziam uma ponta na temporada atual. O mesmo aconteceu em Megaforce com o aparecimento de um Ranger antigo na série e isso aconteceria – de forma mal sucedida – em Super Megaforce. Essa temporada ficou conhecida por essa inovação na trama, Rangers poderiam aparecer para dar maior riqueza na história, isso se colocados na trama de forma correta. 

4. Power Rangers: Força Animal (2002)

Força Animal é a décima temporada dos Power Rangers e é uma adaptação americana da série japonesa de super sentai Gaoranger. Vindo logo depois de Power Rangers: Força do Tempo é a que até então mais se assemelha aos sentais japoneses, tanto figurino quanto na história. Com 40 episódios e sendo a primeira temporada a ser produzida pela Disney desde a aquisição da Saban e por isso sua produção parece ter dado um salto de qualidade, mas claro sem abandonar a trama de adolescentes que se transformam em Rangers. Nota positiva dessa temporada é o Megazord composto por mais de 100 animais de todas espécies. Para quem é fã vale a pena conferir.

3. Power Rangers: Galáxia Perdida (1999)

Galáxia Perdida é a sétima temporada e foi lançada em 1999 e veio logo em seguida de Power Rangers: No Espaço. Não há uma relação entre No Espaço e Galáxia Perdida, cada temporada tem história e personagens diferentes. A série foi livremente baseada no super sentai japonês Gingaman em que guerreiros lutavam contra o mal, assim como nessa versão. Não havia certeza se a franquia continuaria no ar depois de No Espaço, mas devido ao grande sucesso dessa temporada ela foi renovada. Diferente das versões anteriores essa nova versão traz golpes novos e não deriva da história anterior, algo que aconteceu com as outras temporadas que vieram antes dessa. 

2. Mighty Morphin Power Ranger (1993)

Essa é a temporada mais conhecida de todas, primeiro por ser a mais clássica de todas e segundo por ter ajudado a criar esse universo dos Power Rangers como o vemos hoje. As três primeiras temporadas receberam o nome de Power Rangers no Brasil e só sofreram mudança – tendo um subtítulo na que é considerada a quarta temporada – em Power Rangers: Zeo. Essas três temporadas tinham uma que eram continuação da outra, sendo os mesmos personagens, figurinos e história  contínua. Isso ajudava a cativar o público e a partir da segunda temporada em diante a Saban (empresa criadora dos Power Rangers) passou a se basear em super sentais japoneses para criar suas produções. A temporada que entra nessa lista é a primeira, era original para a época, tinha uma boa história e deixava todas as crianças com o rosto grudado na televisão. Quem não se lembra de Tommy (Ranger Branco) e sua turma?

1. Power Rangers: Zeo (1996)

Como dito acima essa é a quarta temporada de Power Rangers e foi baseada na série japonesa com o nome de Ohranger. Com 50 episódios produzidos é uma das maiores de sequências de toda a franquia e foi a primeira a ter novos figurinos para os Rangers, além de ter uma transformação muito parecida com as versões feitas no Japão. Ficou em primeiro lugar por apresentar essas novas mudanças que impulsionaram a série, além de ter uma trama simples e de fácil assimilação, bons efeitos especiais, além de vilões e zords estilosos e dos melhores da franquia. 

Comente!