em ,

As gafes do Oscar 2017 (Sim, teve mais de uma)

Quem imaginaria que pela primeira vez, em 89 anos, o Oscar seria o palco da maior gafe da História de qualquer premiação: anunciaram o filme errado justamente na categoria mais importante da noite, a de Melhor Filme. O erro crasso foi erroneamente (2 gafes em menos de 1 minuto) atribuído para a dupla de atores Warren Beatty e Faye Dunaway que estavam comemorando os 50 anos do lançamento de Bonnie e Clyde – certamente, de uma indelicadeza tremenda do produtor que jogou a culpa nos dois senhores.

Beatty, quando abriu o envelope, suspeitou que havia algum engano, pois indicava “Emma Stone – La La Land”. Nisso, mostrou para Faye que prontamente, em um equívoco, anunciou La La Land como o grande vencedor da noite. Porém, enquanto os produtores do musical já estavam discursando muito emocionados, uma correria acontecia Nos Bastidores (sempre ele) da premiação. Admito que até tive uma apreensão que algo houvesse explodido por conta de um atentado terrorista, mas eram somente os responsáveis pelos envelopes avisando a todos que houvera um enorme engano. Confira:

Então, desse modo, Moonlight recebeu seu Oscar de Melhor Filme no pior momento da história da premiação. Infelizmente, ninguém ligou para o discurso dos produtores do filme, pois o estardalhaço era enorme. 

Hoje, a Academia divulgou um pronunciamento da empresa responsável pela distribuição dos envelopes: “Nos desculpamos sinceramente a ‘Moonlight’, ‘La la land’, Warren Beatty, Faye Dunaway e ao público do Oscar pelo erro que foi feito durante o anúncio de melhor filme. Os apresentadores receberam envelopes da categoria errada por engano e, quando descoberto, foi imediatamente corrigido. Nós estamos investigando como isso pode ter acontecido, e nos arrependemos profundamente que isso tenha acontecido. Agradecemos a graça com que os indicados, a Academia, a ABC, e Jimmy Kimmel cuidaram da situação.”. 

Todos os envelopes que contém os vencedores daquela edição do Oscar possuem uma duplicata: um para o premiado e outro para o arquivo histórico da Academia. Porém, o que aconteceu foi que entregaram a “segunda via” por engano para Beatty e Dunaway. 

Mas quem pensa que esse erro grotesco fora apenas o único da noite, está redondamente enganado. No segmento do In Memoriam, a Academia trocou a foto da figurinista homenageada Janet Patterson pela da produtora Jan Chapman que está viva! “Eu fiquei devastada com o uso da minha imagem no lugar de minha grande amiga e colaboradora Janet Patterson. Eu já tinha acionado sua agência para verificar qualquer imagem que pudesse ser usada e eles me disseram que a Academia respondeu que estava tudo certo”, declarou Jan Chapman.

E quem ainda pensa que essas foram as únicas trapalhadas, continua enganado. 

A terceira não foi tão grave como as outras duas, mas tornou toda a performance de Auli’l Cravahlo para a canção How Far I’ll Go bastante esquisita. Em um dos refrões, a cantora foi levemente atingida na cabeça por uma bandeira que as dançarinas empunhavam na coreografia.

Para quem prometia uma noite inteira com ênfase em política e espetáculo, o Oscar 2017 será relembrado como o pior da História. 

O que você achou desta publicação?

Avatar

Publicado por Matheus Fragata

Editor-geral do Bastidores, formado em Cinema seguindo o sonho de me tornar Diretor de Fotografia. Sou apaixonado por filmes desde que nasci, além de ser fã inveterado do cinema silencioso e do grande mestre Hitchcock. Acredito no cinema contemporâneo, tenho fé em remakes e reboots, aposto em David Fincher e me divirto com as bobagens hollywoodianas.

Comentários

Leave a Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Loading…

0

Comente!

Shadow of War, novo jogo de ‘O Senhor dos Anéis’, é enfim confirmado pela Warner

Vilão de Gotham City Sirens pode ter sido revelado