O diretor James Cameron deu alguns detalhes sobre a gravação dos próximos Avatar, planejados para ter boa parte das filmagens debaixo d’água. A entrevista foi feita pelo site Collider.

» Siga o Bastidores no Facebook , Instagram e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema «

O diretor explicou que passou 1 ano e meio implementando um sistema de captura de movimentos aquático que não fosse influenciado pela mudança de superfície entre o ar e a água. “A superfície cria uma espécie de espelho que se mexe, fazendo várias marcações falsas. É tipo um avião de guerra soltando pedaços de metal para confundir o radar de um míssil. São vários pontos falsos e precisávamos solucionar esse problema. E conseguimos.”, disse o diretor. 

Ele explica a dificuldade de se fazer qualquer produção envolvendo água, sempre tornando os obstáculos dez vezes mais difíceis de serem solucionados. Porém, após meses de testes, o diretor confirmou que no dia 14 de novembro a equipe finalmente conseguiu filmar uma cena inteira com os atores mais jovens do elenco, com o elenco segurando de 2 a 4 minutos a respiração após 6 meses de treinamento.

Os próximos 4 filmes da franquia já estão com datas agendadas. Avatar 2 estreia dia 18 de dezembro de 2020, enquanto Avatar 3 chega no dia 17 de dezembro de 2021. Avatar 4 pula 3 anos e só chega em 20 de dezembro de 2024, enquanto Avatar 5, o último previsto até agora, em 19 de dezembro de 2025.

Comente!