em ,

Ayer Cut do Esquadrão Suicida não será desenvolvida, segundo Warner

Não leve suas esperanças adiante, fãs de Esquadrão Suicida. Mesmo após Zack Snyder ter conquistado o direito de mostrar ao mundo sua visão original para Liga da Justiça, o mesmo não acontecerá com David Ayer, diretor do criticado filme de 2016.

A CEO da Warner, Ann Sarnoff, revelou em entrevista à Variety que não existe essa remota possibilidade.

A executiva foi questionada se haverá mais “versões do diretor” lançadas pelo estúdio, assim como uma nova versão de Esquadrão Suicida. E então:

“Nós não vamos desenvolver o corte do David Ayer.”

Em julho de 2020, o cineasta usou as redes sociais para dizer aos fãs que uma versão sua, o Ayer Cut de Esquadrão Suicida, existe sim. No Twitter, David Ayer repostou a decisão da Warner e perguntou “por que?”.

Mesmo assim, o grupo Esquadrão Suicida ganhará um novo filme, agora dirigido por James Gunn e com previsão de lançamento em 5 de agosto deste ano, no Brasil.

O que você achou desta publicação?

Publicado por Matheus Fragata

Editor-geral do Bastidores, formado em Cinema seguindo o sonho de me tornar Diretor de Fotografia. Sou apaixonado por filmes desde que nasci, além de ser fã inveterado do cinema silencioso e do grande mestre Hitchcock. Acredito no cinema contemporâneo, tenho fé em remakes e reboots, aposto em David Fincher e me divirto com as bobagens hollywoodianas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

BRZRKR, HQ de Keanu Reeves, vai ganhar adaptação cinematográfica e anime

CEO da Warner explica por que decidiu lançar o Snyder Cut