Após a polêmica dos loot boxes em Star Wars Battlefront II, políticos da Bélgica e Havaí anunciaram que consideram tais práticas em jogos como formas de jogo de azar e estão procurando medidas para proibir e banir tais itens. A notícia é do site Dualshockers

» Siga o Bastidores no Facebook , Instagram e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema «

O Ministro da Justiça da Bélgica, Koen Geens, anunciou que deseja banir todos os jogos com compras de produtos aleatórios in-game e diz que misturar dinheiro com vício pode ser considerado aposta. Ele também detalha que misturar os dois elementos em jogos para crianças pode ser danoso para a saúde mental delas. Porém, tais iniciativas contra esse sistema devem ainda passar por autorizações na União Europeia.

E no Havaí, um dos representantes do Estado, Chris Lee, também destacou o repúdio ás práticas vistas em jogos como Battlefront II, dizendo que os loot boxes se assemelham a “cassinos online construídos para persuadir crianças a gastarem dinheiro”, até brincando com a famosa frase da franquia Star Wars “it’s a trap”.

Confira o vídeo do pronunciamento abaixo:

Lee e sua equipe estão procurando uma legislação que possa proibir a venda de jogos com loot boxes para menores, e até mesmo proibir tal item em games no geral.

Comente!