Como já é de praxe, Bird Box não é uma criação inteiramente original e tem como base um romance pós-apocalíptico que fez um sucesso considerável à época de seu lançamento.

» Siga o Bastidores no Facebook , Instagram e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema «

Entretanto, após o sucesso inimaginável do longa-metragem, que apesar de ter dividido bastante a crítica e o público tornou-se o mais assistido da Netflix, com mais de 45 milhões de acessos, as vendas do livro cresceram exponencialmente.

Lançado em 2015, a obra assinada por Josh Mallerman vendeu apenas 426 cópias quando chegou ao Brasil e, conforme os anos foram passando, alcançou a modesta marca de 160 mil cópias vendidas. Agora, ao menos nos Estados Unidos, ele ocupa o quarto lugar da lista do New York Times e, na Amazon, está em segundo dentre as ficções mais procuradas.

No final de 2018, o romance ganhou sua adaptação fílmica, estrelando Sandra Bullock como uma mulher grávida que tenta sobreviver a um ataque inexplicável de criaturas invisíveis, que transformam-se nos piores pesadelos de quem ousa ficar com os olhos abertos. Passando ao longo de cinco anos, Malorie (Bullock) deverá sobreviver e cuidar de suas duas crianças, enfrentando os perigos mais mortais para se manter viva.

O elenco também é formado por John MalkovichTrevante Rhodes e uma participação especial, porém memorável de Sarah Paulson. Confira nossa crítica clicando aqui.

Comente!