em ,

Bond 25 | Cinco Diretores que poderiam comandar o próximo 007

A saída de Danny Boyle, da direção do 25º filme de James Bond, pegou todos nós de surpresa. Desde então, a vaga permanece aberta e a questão de quem será o próximo 007 (após a saída de Daniel Craig, provavelmente depois de Bond 25), passou para quem será o próximo diretor.

Pensando nisso, decidimos criar essa lista, escolhendo cinco diretores que gostaríamos de ver encabeçando o próximo filme do agente secreto britânico. Vamos lá!

Denis Villeneuve

Villeneuve mais que provou sua versatilidade ao longo de sua expressiva carreira como diretor. Seja um filme sobre tiroteio cometido por estudante dentro de faculdade, passando por thrillers policiais, até ficções científicas, o diretor sabe transitar entre gêneros sem perder sua marca. Justamente por isso acreditamos que ele seria perfeito para um filme de James Bond, de repente um projeto que tendesse mais para o estilo de Goldfinger, ou até Cassino Royale – sem muitas peripécias explosivas, apenas o bom e velho 007 galanteando e se infiltrando para acabar com um notório criminoso.

Kathryn Bigelow

Bigelow seria simplesmente perfeita para um Bond mais focado na espionagem, podendo inserir aspectos políticos por trás da missão, tornando a trama consideravelmente mais complexa do que simplesmente acabar com o bandido. A diretora de obras como Guerra ao Terror e A Hora Mais Escura saberia precisamente mergulhar na psiquê de Bond, aprofundando o personagem como poucos filmes da franquia, até agora, o fizeram. Certamente valeria o ingresso!

Christopher Nolan

Nolan já disse anteriormente que toparia dirigir um filme de James Bond. Então, por que não? O diretor criou um dos melhores filmes de heróis de todos os tempos, já mergulhou na ficção científica, thrillers e em filmes de época. trata-se de um diretor tão versátil que chega a ser difícil ver como seria um filme do 007 seu. Nolan conseguiria entregar tanto um filme mais de ação, quanto algo mais na linha de thriller de espionagem propriamente dito. Não seria nossa primeira escolha, mas definitivamente gostaríamos de vê-lo no cargo e se trouxer Tom hardy para o papel, melhor ainda.

David Fincher

Uma coisa é certa. A sequência de abertura de um filme do 007 dirigido por David Fincher seria a melhor de todas!

Com obras como Os Homens que Não Amavam as Mulheres, Se7en e Mindhunter no elenco, Fincher conseguiria nos entregar um dos vilões mais memoráveis da franquia, criando uma verdadeira sensação de ameaça, que nos deixaria angustiados o filme todo. Um Bond com verdadeira sensação de perigo.

 

Ryan Coogler

Em termos, Ryan Coogler praticamente já dirigiu uma sequência de filme de 007 – toda a cena do cassino, em Pantera Negra, parece ter sido tirada diretamente de um filme de  James Bond e, através dela, já conseguimos ver que ele se encaixaria perfeitamente como diretor de um filme do agente secreto. Além de ser capaz de entregar ótimas sequências de ação (por favor, brigas mano a mano!), Coogler facilemtne seria capaz de inserir questões sociais mais profundas na obra, gerando não apenas um bom filme, como algo cheio de identidade.

O que você achou desta publicação?

Avatar

Publicado por Guilherme Coral

Refugiado de uma galáxia muito muito distante, caí neste planeta do setor 2814 por engano. Fui levado, graças à paixão por filmes ao ramo do Cinema e Audiovisual, onde atualmente me aventuro. Mas minha louca obsessão pelo entretenimento desta Terra não se limita à tela grande - literatura, séries, games são todos partes imprescindíveis do itinerário dessa longa viagem.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Loading…

0

Comente!

Crítica | Great News: 1ª Temporada – Quando o Breakdown é Real

Crítica | The Flash: 1ª Temporada – As alegrias de uma boa série de super-heróis