Uma das polêmicas que agitaram as redes sociais nesse fim de semana envolve o filme Boy Erased da Universal que teve seu lançamento no Brasil cancelado. 

A informação viralizou após o ator Kevin McHale (‘Glee’) e o autor do livro em que o filme se baseia, Garrard Conley, compartilharem tuítes alegando que a estreia foi cancelada devido a uma “censura do atual governo do Brasil”.

Porém, a verdade é bem mais lógica. Tudo tem a ver com o mercado. 

Distribuir filmes ao redor do globo é algo extremamente custoso para as distribuidoras e simplesmente, alguns filmes, não valem o investimento. Esse é o caso de Boy Erased

Lançado no dia 2 de Novembro nos EUA, o filme arrecadou apenas US$ 6,7 milhões nas bilheterias, o que afetou o lançamento em outros países devido ao alto investimento em marketing versus retorno nas bilheterias.

Segundo a Universal, não valia a pena trazer o longa para os cinemas. O filme, contudo, será lançado em home vídeo em DVD. 

Até mesmo o presidente do Brasil se pronunciou sobre o caso no Twitter. 

Confira: 

Comente!