A arte do disfarce é utilizada em uma incrível quantidade de filmes. Porém, ao contrário da ficção a la Missão: Impossível na qual basta uma máscara de látex para resolver todos os seus problemas, a realidade de fazer um disfarce crível é um tanto mais complexa.
Uma ex-funcionária da CIA, Joanna Mendez, ensina diversos truques em um pequeno vídeo de documentário que você pode conferir abaixo:

Ela explica que é preciso criar um disfarce completo, indo muito além de usar roupas e adereços distintos. Para isso, o sujeito tem que inventar um novo jeito de andar, falar e criar uma vestimenta que seja adequada ao seu disfarce. Até mesmo os gestos mais simples fazem a diferença, como o modo de chamar o garçom ou segurar um cigarro. Basta ver como a missão de infiltração dá totalmente errado em Bastardos Inglórios quando um espião erra um sinal ao fazer o número três com os dedos. 

Joanna até mesmo explora os disfarces emergenciais quando o agente ou sujeito esteja em apuros. Vale a pena conferir o vídeo, mas acredite, será muito difícil dominar essa arte.