em ,

Chris Evans e Ryan Gosling protagonizam filme mais caro da Netflix

A Netflix está esperançosa com os lançamentos blockbusters em sua plataforma. Hoje foi revelado que Chris Evans (Capitão América) e Ryan Gosling (Blade Runner 2049) protagonizarão o filme mais caro da Netflix. A dupla foi escalada para The Gray Man, longa dirigido pelos Irmãos Russo (Vingadores: Ultimato).

Segundo o Deadline, o custo da produção está na casa dos US$200 milhões, investidos com o objetivo de criar uma franquia do mesmo porte e complexidade que 007. Além de codirigir ao lado de seu irmão, Joe Russo assina o roteiro – com ajuda de dois roteiristas do MCU, Christopher Markus e Stephen McFeely.

O filme é baseado no livro de Mark Greaney de 2009, que acompanha a história de Court Gentry, o homem cinza do título, ex-agente da CIA conhecido como um insuperável assassino de aluguel.

A trama do filme trará Gentry (Gosling) sendo caçado pelo mundo todo por Lloyd Hansen (Evans), um ex-colega da CIA. Russo afirmou que o filme terá encenação similar às já vistas em Capitão América: Soldado Invernal.

Uma adaptação de The Gray Man está em desenvolvimento há quase uma década, mas antes estava nas mãos da New Regency, e traria Brad Pitt e James Gray nos papéis principais. Essa versão ficou estagnada, e passou para as mãos dos Irmãos Russo, que tocam o projeto há alguns anos sem muito alarde.

Não há previsão de estreia para o filme, porém os diretores querem começar a produção ainda em 2020.

O que você achou desta publicação?

Avatar

Publicado por Matheus Fragata

Editor-geral do Bastidores, formado em Cinema seguindo o sonho de me tornar Diretor de Fotografia. Sou apaixonado por filmes desde que nasci, além de ser fã inveterado do cinema silencioso e do grande mestre Hitchcock. Acredito no cinema contemporâneo, tenho fé em remakes e reboots, aposto em David Fincher e me divirto com as bobagens hollywoodianas.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Loading…

0

Comente!

Estreia de Falcão e o Soldado Invernal é adiada

Crítica | Cursed: A Lenda do Lago – 1ª Temporada: Nimue contra os Templários