Briga entre famosos.

ROUND 2.

O ator Chris Pratt resolveu finalmente responder a atriz Ellen Page que o provocou por conta da igreja que o ator frequenta, infame por acusações de ser contra pessoas da comunidade LGBT. 

Através do Instagram, escreveu:

“Recentemente foi sugerido que eu pertenço a uma igreja que ‘odeia pessoas’ e que é ‘anti-LGBTQ’. Nada disso poderia ser mais longe da verdade. Eu frequento uma igreja que abre suas portas para absolutamente todo mundo. Apesar do que a Bíblia diz sobre divórcio, a comunidade da minha igreja esteve lá pra mim durante cada passo, sem nunca julgar, apenas me acompanhando graciosamente pela caminhada.”

“Eles me ajudaram tremendamente ao oferecer amor e apoio. É o que os vi fazendo com outros em incontáveis outras ocasiões, independente de orientação sexual, raça ou gênero. Minha fé é importante para mim, mas nenhuma igreja define minha vida, e eu não sou porta-voz de nenhuma igreja ou grupo de pessoas. Meus valores definem quem eu sou. Precisamos de menos ódio no mundo, não mais. Eu sou um homem que acredita que todos são livres para amar quem quiserem, independente do julgamento de outros homens. Jesus disse ‘Eu lhes dou um novo mandamento, amai o outro’. Isso é o que guia minha vida. Ele é o Deus do Amor, Aceitação e Perdão. Ódio não tem lugar neste mundo ou no meu.”

A atriz Ellen Page resolveu provocar Chris Pratt por causa de uma entrevista na qual ele comenta mais sobre sua espiritualidade. 

Aproveitando a deixa, Page escreveu no Twitter que seria uma ótima oportunidade para Pratt contar mais sobre as posições radicalmente contrárias aos homossexuais que sua igreja defende.

“Certo. Hmm. Mas a igreja dele é infamante anti-LGBTQ, então talvez ele aborde isto também?”

Chris Pratt é um cristão não denominacional e apoia a Igreja Hillsong, destaque de manchetes nos últimos anos pelas declarações de seus líderes chegaram a afirmar que “recebem todas as pessoas, menos as com estilo de vida gay” e que “não apoiam gays em posições de liderança”.

Comente!